O Londrina respira no Campeonato Paranaense. Em um jogo fraco, o Tubarão venceu o Operário pelo placar de 1 a 0, na tarde deste sábado (12), no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, em partida válida pela nona rodada do Estadual. Com o resultado, a equipe alviceleste soma 11 pontos na classificação enquanto o Fantasma segue na zona do rebaixamento com apenas 5.
O gol do Londrina foi anotado pelo zagueiro Sílvio aos 3 minutos do segundo tempo. “Fiz apenas meu trabalho e fico feliz com o resultado e agora é trabalhar pois temos uma outra partida difícil na sequência do campeonato”, afirmou o defensor. “A equipe fez um bom jogo e acho que valeu pelo empenho pois sabíamos que seria um jogo difícil”, avaliou o capitão Germano.

Na penúltima rodada, o Londrina enfrentará o Maringá, na casa do adversário, no próximo domingo (20), às 11 horas (horário de Brasília). O Operário, por sua vez, jogará contra o Cascavel, fora de casa, na mesma data, às 16 horas.

O JOGO – O Londrina começou a partida segurando o ímpeto do Operário e trabalhando a posse de bola. Entretanto, aos poucos, o Fantasma melhorou em campo e tentou pressionar o Tubarão. Apesar da tentativa das ações, ambas agremiações apresentaram um futebol fraco e sem nenhuma criatividade. As melhores chances do Londrina foram de bola parada enquanto o goleiro Marcelo foi pouco acionado nos 45 minutos iniciais.

No intervalo, Cláudio Tencati optou por tirar Zé Rafael e promover a estreia do meia Leílson. Logo aos dois minutos do segundo tempo, Leílson recebeu uma falta. Netinho cobrou, Sílvio desviou e Juninho defendeu. No rebote, Germano tocou e a bola bateu na trave e, na sequência, Sílvio tocou para abrir o marcador para o Londrina.

Depois do gol, Claudemir Sturion mudou o Operário e sacou Baiano e Reinaldo e colocou Marko Perovic e Rafinha. Apesar das mudanças, o time de Ponta Grossa continuou sem criatividade. Desta forma, o Operário optou por tirar Thiago Silva e entrou Zé Paulo mas houve êxito. O Londrina, por sua vez, tirou Netinho e colocou Rafael Gava e, na sequência, saiu Paulinho Moccelin e entrou Diogo Roque.

Aos 36, após contra-ataque, Bruno Batata tocou para Bidía que chutou forte e Juninho salvou o Fantasma. O Operário ainda tentou pressionar mas o goleiro Marcelo fez boas defesas. Nos minutos finais, o time da casa avançou mas não conseguiu o empate. Após o término da partida, a torcida do Fantasma vaiou muito os jogadores enquanto os atletas do Londrina comemoraram o triunfo.

Fonte: Bonde

Related Posts

Facebook Comments