O Maringá FC embarca neste sábado por volta das 8h rumo a Curitiba, onde no domingo, a partir das 16h, encara o Coxa, no Couto Pereira, em jogo que fará parte da rodada de encerramento da fase de classificação do Campeonato Paranaense. Segundo a programação divulgada pela assessoria de imprensa da Zebra, depois de pegar a estrada, o time fará uma parada para o almoço em Ponta Grossa e durante a tarde pretende realizar um treino leve, no Centro de Treinamento do Coritiba.

Na décima colocação com nove pontos, o MFC precisa de uma vitória para escapar do rebaixamento sem precisar contar com nenhuma combinação de resultados. Desfalcado do volante Zé Leandro, que foi expulso no clássico com o Londrina EC, e do atacante Neílson, que se recupera de uma lesão na coxa direita, o técnico Rogério Perrô deverá promover as entradas de Maranhão no meio de campo e de Felipe no ataque.

“Com estas ausências, a tendência é manter estrutura dentro de campo e trocar as peças. É claro que o Zé vai fazer falta e o Neílson também, mas os jogadores que estão treinando estão aptos e vão agarrar essa chance com muita disposição e qualidade e darão conta do recado”, declarou o treinador.

O Maringá precisa vencer para assegurar a permanência na elite do Paranaense de 2017 mas também para sonhar com a possibilidade de ficar entre os oito primeiros e conseguir um lugar nas quartas de final. Para isso, além de somar três pontos na capital paranaense, o time tem que torcer para que ao menos duas equipes que estão da sexta à nona colocação não somem mais que 12 pontos e ainda assim, dependendo dos resultados, levar a melhor nos critérios de desempate.

O zagueiro do Tricolor da Cidade Canção, Alex, admite que a tarefa é complicada, no entanto, ele garante que enquanto houver possibilidades matemáticas da Zebra chegar às quartas de final, o elenco terá esperança. “A tabela está bem embolada. Temos chance de classificação, de permanecer na Primeira Divisão e de cair para a Segunda Divisão. A gente quer buscar os três pontos, mesmo sabendo que é difícil conseguir isso no Couto Pereira. Sabemos que o time grande é o Coritiba, mas vamos tentar vencer lá dentro e buscar a classificação”, afirmou.

RETROSPECTO É FAVORÁVEL
O retrospecto de confrontos entre Maringá FC e Coritiba no Campeonato Paranaense é favorável para o time maringaense, que em quatro jogos disputados acumulou duas vitórias, um empate e apenas uma derrota. Só no Estadual de 2014, os clubes se enfrentaram três vezes.

Além de vencer o Coxa na abertura da competição por 2 a 1, o MFC também levou a melhor na semifinal, quando no Estádio Willie Davids, no jogo de ida, ganhou outra vez de 2 a 1, e na partida da volta, em Curitiba, segurou o empate em 1 a 1. Com o resultado, o time, então comandado por Claudemir Sturion, chegou à final.
A única derrota do Tricolor da Cidade Canção para a equipe coxa-branca foi ano passado, por 3 a 1, na segunda rodada do Estadual.
Fonte: O Diário/Fábio Castaldell

Related Posts

Facebook Comments