Arbitragens preocupam o Pato Futsal

Arbitragens preocupam o Pato Futsal

Às vésperas da segunda partida em casa pela Liga Nacional Futsal (LNF), e a terceira do Pato Futsal na temporada nesta competição, o confronto com a Assoeva, de Venâncio Aires (RS), no sábado (7) será o primeiro após o time de Pato Branco ter viajado a São Paulo para enfrentar o Corinthians na sexta-feira (23) e ter regressado com o sentimento de que o placar poderia ter sido outro.
Pelo menos dois lances são questionáveis, o do primeiro gol corintiano, onde Batalha na marcação de Douglas
Nunes, quase teve a camisa removida pelo adversário, o que a equipe de arbitragem não considerou e a marcação
do pênalti que resultou no terceiro gol dos donos da casa.
No lance, Danilo Baron, fora da área deu um leve toque no adversário, que até mesmo poderia ser interpretado
como lance normal, mas que devido o jogador corintiano ter caído dentro da área o árbitro marcou pênalti, que
foi convertido por Murilo.
Uma semana após o jogo, o presidente do Pato Futsal, Luiz Sérgio Lacerda, o Lavardinha, confirma que foram
feitas reclamações formais junto aos órgãos competentes, com o objetivo de melhorar a arbitragem.
Falando que não se pode ser leviano e afirmar que equipes de arbitragem erram intencionalmente, Lavardinha diz
ser “preocupante a quantidade de erros que vem ocorrendo”, apontando assim que equívocos de marcação são
vistos em diversas competições ao longo do ano e por consequência atingindo várias equipes.

Mais especificamente com relação ao confronto com o Corinthians, o presidente do Pato Futsal, enfatiza que não
gosta de realizar críticas a parte técnica da arbitragem, uma vez que envolve a interpretação de cada lance e até
mesmo jogador envolvido na disputa, e que pode acabar induzindo a arbitragem ao erro.
“Hoje o jogo é muito veloz. O errar é normal, devido a esse fator velocidade de jogo, mas preocupa o tamanho de
alguns erros”, afirma Lavardinha, ponderando que o futuro do futsal brasileiro passa também pela arbitragem e
que para tanto em sua visão é necessário que as equipes de árbitros tenham qualificação técnica, mas que também
conduzam o jogo de forma equilibrada.
Estadual
Até que o confronto com a Assoeva não chegue, o Pato enfrenta neste sábado (31), o Toledo pela segunda rodada
do Estadual Série Ouro. O jogo vai começar às 20h30 no ginásio Alcides Pan, em Toledo.

Related Posts

Facebook Comments