Atlético e Londrina ficam no empate

O Londrina viajou até Curitiba para enfrentar o time B do Atlético-PR pela sétima rodada do Campeonato Paranaense. O time alviceleste tentava a reabilitação depois de amargar uma derrota em casa para o Cianorte por 1 a 0. A demonstração apática pressionou a equipe para buscar uma nova vitória na capital. Enquanto isso, o Furacão, repetindo a atitude tomada desde o início do campeonato, começou o jogo recheado de reservas.

Apenas o goleiro Weverton, que vem sendo convocado com frequência pelo técnico Tite nos jogos da Seleção Brasileira, foi a novidade de Paulo Autuori, que não esconde que “o foco é a Libertadores da América”. Do lado do Londrina, a novidade foi Robinho. A partida começou bem movimentada, cenário que perdurou durante boa parte do primeiro tempo.

O trio de ataque do Furacão, formado por Douglas Coutinho, Crsyan e Luis Henrique, deu bastante trabalho para o goleiro Alan. Rebatendo as investidas, o Londrina protagonizava jogadas com Ayrton, que descia e voltava do campo ofensivo. Os jogadores foram para o vestiário com a promessa de mais movimentação.

E a expectativa se cumpriu. Mostrando serviço para Tencati, Robinho desferiu um chute perigoso logo aos três minutos contra o goleiro Weverton, que só viu a bola ‘tirando tinta’ da trave esquerda. No minuto anterior, ele havia espalmado uma jogada do mesmo jogador alviceleste.

A partida prosseguiu com boas chances para o LEC. Até então apagado em campo, Paulo Rangel cabeceou para mais uma defesa de Weverton. Para dinamizar a equipe, Tencati promoveu as entradas de Rafael Gava e Euller, este pegando a vaga de Safira, que não teve bom rendimento. O Tubarão melhorou e levou mais perigo nos últimos quinze minutos.

Matheus subiu com categoria e cabeceou, quase abrindo o placar. Aos 45 minutos, Tencati quis ganhar tempo e substituiu Paulo Rangel pelo estreante Brandão, que fez pouco na Baixada. O juiz encerrou a partida sob vaias da torcida contra os jogadores do Atlético-PR. O resultado levou o Londrina para a sexta colocação, enquanto o Furacão caiu para o décimo lugar.

No próximo sábado, o LEC encara o Foz fora de casa. No mesmo dia, o Atlético-PR tenta se reabilitar na Baixada diante do Cascavel.

 

Ficha técnica

Campeonato Paranaense 2017: Sétima rodada
Londrina 0x0 Atlético Paranaense

Árbitro: Rodolpho Toski Marques
Assistentes: Rafael Trombeta e Maurício José Braga
Quarto árbitro: Adriano Milczvski
Público pagante: 9.381 pessoas
Público total: 10.812 pessoas
Renda: R$210.885,00

Londrina: Alan; Telo, Marcondes, Matheus e Ayrton; França, Safira (Euller, aos 31’ do 2ºT), Bidía (Rafael Gava, aos 26’ do 2ºT) e Fabinho; Paulo Rangel (Brandão, aos 46’ do 2ºT) e Robinho.
Técnico: Claudio Tencati
Cartões amarelos: Telo

Atlético Paranaense: Weverton; Gustavo Cascardo, Wanderson, José Ivaldo e Nicolas; Renan Paulino e Matheus Rossetto; Douglas Coutinho, João Pedro (Renan Paulino, aos 23º do 2º) e Crysan; Luis Henrique (Yago, aos 21’ do 2ºT).
Técnico: Paulo Autuori

About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *