Principal fundista do Brasil hoje na prova dos 3000 metros com obstáculos, a londrinense Tatiane Raquel da Silva, de 29 anos, da equipe Londrina/FEL/IPEC, vive uma expectativa diferente na sua carreira como atleta. Amanhã ela debuta na maior prova de rua do atletismo brasileiro, a São Silvestre.

Tatiane vive uma das melhores fases de sua carreira nas pistas. Em 2019, ela foi campeã sul-americana e do Troféu Brasil na prova de sua especialidade, os 3000 metros com obstáculos e fechou o ano de competições com o primeiro lugar no ranking nacional da prova. A São Silvestre fecha o calendário de provas em 2019, mas já visando a temporada do ano que vem, quando ela terá como principal meta lutar pelo índice que a levará para as Olimpíadas de Tóquio. “É bem diferente, estou um pouco ansiosa. Espero fazer o meu melhor, colocação será consequência de um resultado bom”, projetou a atleta.

A estratégia para a prova já está traçada. “Como é uma distância longa pra mim, penso em sair mais controlada e tentar manter um ritmo que para aguentar bem até o final”, contou, antes de valorizar a experiência que, segundo ela, poderá acrescentar muito a sua preparação para 2020. “Será uma experiência muito boa, pois o nível de dificuldade da prova e das adversárias são uma preparação para o ano que vem, já visando o índice olímpico”, pontuou Tatiane.

Para 2020, o calendário da atleta londrinense será extenso e começa com a Copa Brasil de Cross Country, em 18 de janeiro. Na sequência ela terá duas competições na Europa e EUA, além do Troféu Brasil, adiantado para maio, para tentar o tão sonhado índice olímpico. “É meu principal objetivo para 2020 e vamos trabalhar duro até lá para conseguir”, garantiu.

A edição 2019 da mais tradicional corrida de rua do Brasil acontece amanhã em São Paulo, com largadas a partir das 7h40. Segundo a organização, 35 mil atletas profissionais e amadores estão inscritos neste ano.

O Projeto Londrina Atletismo tem patrocínio da Prefeitura de Londrina e Fundação de Esportes de Londrina, através do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (Feipe), e parceria da Universidade Estadual de Londrina (UEL).

Related Posts

Facebook Comments