Na última semana o técnico da equipe de basquete em cadeira de rodas dos Tubarões/MM/SMESP/LDPG, Ben Hur Chiconato, apresentou ao empresário Márcio Pauliki, do grupo MM Mercadomóveis, o balanço da temporada de 2019. O encontro serviu também para projetar a próxima temporada, onde além das disputas no Paraná, os pontagrossenses pretendem jogar a classificatória para a 3ª divisão do Campeonato Brasileiro. A planilha orçamentária foi analisada e aprovada pela direção da empresa, o que garante o apoio ao projeto pelo décimo segundo ano consecutivo.

Conforme o treinador, em termos de resultados a equipe ficou um pouco abaixo dos anos anteriores. Nesta temporada o Tubarões terminou o Parajap’s na quinta colocação e o campeonato paranaense no terceiro lugar. Ben Hur salienta que os números continuam favoráveis, e mantém Ponta Grossa na rota dos melhores times do Paraná. Nem por isso entendemos que o trabalho deixou de ser vencedor. Estamos num processo de transição, com a formação de novos atletas, e nem só de vitórias vive um projeto já consolidado na cidade”, sentencia o técnico. Para o superintendente do grupo MM Mercadomóveis, Márcio Pauliki, estar com o nome dos Tubarões é investir num trabalho praticamente caseiro e vencedor. “Estes rapazes iniciaram do nada, e se transformaram numa das maiores forças do basquete em cadeira de rodas do sul do país. Para o grupo MM acreditar em pessoas é um processo fundamental para o bem da comunidade, e passa por aplicar nossos esforços financeiros nos pontagrossenses, também no esporte”.

O patrocínio aos Tubarões garantirá o pagamento da comissão técnica, taxas de participação em campeonatos, alimentação aos atletas e suporte de material esportivo. Com a confirmação, o grupo MM Mercadomóveis atinge 12 anos ininterruptos de patrocínio para a equipe. Em 2020, além do projeto de rendimento, o Tubarões dará sequência a um projeto social com crianças que possuem deficiência acentuada, que não conseguirão ser atletas, mas que, através do basquete em cadeira de rodas estão melhorando seus quadros clínicos. “Eles foram aparecendo no ginásio e não poderíamos deixá-los de lado. O nível de felicidades das crianças que estão conosco é muito grande, e isto nos motiva a abrir espaço para eles”, esclareceu Ben Hur. Em janeiro o técnico pretende se reunir com o secretário de esportes de Ponta Grossa, Marco Macedo, para também renovar a intenção de apoio. “A participação da prefeitura da cidade desde 2011 também tem sido fundamental para o sucesso deste projeto. Sempre encontramos as portas abertas na SMESP para atender nossos pedidos”, finalizou o treinador.

O Tubarões retoma os treinamentos em janeiro, visando a participação na seletiva do Campeonato Brasileiro, que deve acontecer em fevereiro, em São Paulo ou Rio de Janeiro.

Related Posts

Facebook Comments