Cai o último invicto do Estadual

Cai o último invicto do Estadual

O Coritiba perdeu por 1 a 0 para o Cascavel CR, nessa quarta-feira (dia 20) à noite, no Estádio Olímpico Regional, pela 3ª rodada da Taça Dirceu Krüger – o 2º turno do Campeonato Paranaense. Com o resultado, os dois times dividem a liderança do Grupo B, com seis pontos. A equipe da capital fica à frente no saldo do gols.

A partida teve o segundo pior público do Paranaense 2019, com apenas 175 pessoas. O pior ocorreu também em jogo do Cascavel CR como mandante, contra o Rio Branco, com 110 pagantes.

Nas duas rodadas finais, o Coxa ainda vai enfrentar o Rio Branco (domingo, no Couto Pereira) e o Paraná Clube (em local indefinido).

Entre os 12 participantes do Paranaense, o Coritiba era o único que ainda não havia perdido na competição. Agora somando quatro vitórias, seis empates e uma derrota. O técnico Umberto Louzer soma agora três jogos no comando do Coritiba, com duas vitórias e uma derrota.

Clique aqui para ver uma análise do desempenho individual dos jogadores do Coxa.

DESEMPENHO
Em relação ao desempenho, o Coritiba teve dificuldades para criar no primeiro tempo. Depois, na segunda etapa, sufocou o adversário, mas errou demais nas finalizações. O Cascavel CR teve boa atuação na marcação, mas foi quase nulo com a bola. E conquistou a vitória graças a um gol contra bizarro.

Depois do jogo, Umberto Louzer criticou o desempenho da equipe.

ESCALAÇÃO
Sem contar com o meia Thiago Lopes e o centroavante Rodrigão, lesionados, o técnico Umberto Louzer escalou o ponta Igor Paixão e o centroavante Igor Jesus. Outros quatro jogadores seguem de fora, devido a lesões: o goleiro Wilson, o lateral-direito Felipe Mattioni e os pontas Iago Dias e Nathan. Mesmo com o lateral-direito Sávio no banco, Louzer preferiu improvisar o volante João Vitor no lado direito da defesa.

PRIMEIRO TEMPO
O primeiro tempo foi marcado por erros das duas equipes. O Coritiba não conseguiu se impor e errou demais em todas as fases da construção: na saída de bola, na troca de passes no meio-campo e na definição no terço final. Criou apenas duas jogadas ofensivas com algum perigo na primeira etapa. O Cascavel ficou recuado tentou explorar contra-ataques, mas só incomodou mesmo em dois chutes de longa distância.

SEGUNDO TEMPO
No intervalo, saiu Matheus Bueno e entrou o volante Elyeser. Já aos 5 minutos, o Cascavel ganhou um gol. Taylan chutou, Sabinho desviou e a bola sobrou na área. Alan Costa tentou tirar, com um chute desajeitado, e acabou marcando contra. O cenário seguiu o mesmo do primeiro tempo, com o Cascavel recuado, mas sem conseguir contra-atacar. E com o Coritiba com muita posse de bola, mas pouca criatividade. Aos 22, Umberto Louzer deixou o Coxa mais ofensivo, com a saída do volante Vitor Carvalho e a entrada do centroavante Wanderley. O time partiu para o abafa e sufocou o adversário. Criou cinco chances nos 20 minutos finais, mas errou demais nas finalizações.

CASCAVEL CR 1 x 0 CORITIBA
Cascavel: Marcos Paulo; Everaldo, Castro, Vitor e Japa; Hildo e Djair; Gomes, Elenilson (Sassá) e Taylan (Ronaldo); Pedro (Rafael Castro). Técnico: Allan Aal
Coritiba: Alex Muralha; João Vitor, Alan Costa, Sabino e Patrick Brey; Vitor Carvalho (Wanderley) e Matheus Bueno (Elyeser); Igor Paixão (Welinton Junior), Giovanni e Juan Alano; Igor Jesus. Técnico: Umberto Louzer
Gol: Alan Costa, contra (5-2º) 
Cartões amarelos: Hildo, Rafael Castro, Everaldo (Cas). Giovanni (Cor). 
Árbitro: Felipe Gomes da Silva 
Público: 175 total
Local: Olímpico Regional, em Cascavel

Related Posts

Facebook Comments