Cascavel vira pra cima do Londrina

Cascavel vira pra cima do Londrina

Nesta quarta-feira de cinzas (14) no Estádio Olimpico Regional, o FC Cascavel recebeu o Londrina. As duas equipes chegaram a última rodada do primeiro turno buscando a vitória para avançar a semifinal, e se esperava um jogo muito movimentado.  Acabou se dando melhor o Cascavel com virada no fim, mas as duas equipes estão fora da próxima fase.

PRIMEIRO TEMPO: As alterações táticas de Ricardinho para o jogo (saídas de Rodrigo Figueiredo, Thiago Primão e Gustavo Tocantins para entradas de Moises, Miullen e Wesley) surtiram efeito e o Tubarão começou melhor. Até os 20 minutos o Londrina chegou com perigo em 5 oportunidades, com destaque para chute de Moisés no travessão e finalização cruzada de Germano, que chegava com muita liberdade como elemento surpresa.

Mas a Cobra encontrou espaço principalmente pelo o lado direito, e pressionou os visitantes até o apito final. Weverton chegou duas vezes no fundo e cruzou para a área, mas nem Dinelson e nem Afonso conseguiram concluir pra gol. Xaves e Oberdan ainda arriscaram de fora da área em outras oportunidades, mas sem sucesso. Assim como no jogo contra o Coritiba, o Londrina errou muitos passes, e o empate acabou sendo lucro na saída para o intervalo.

SEGUNDO TEMPO: O Cascavel voltou melhor para a segunda etapa e continuava pressionando o Londrina pelas pontas. Mas aos 8’, o volante Rômulo recuperou a bola na intermediária defensiva, faz um lançamento magnífico para Carlos Henrique que venceu os dois zagueiros na velocidade, entrou na área e bateu cruzado na saída do goleiro Vinicius, a bola ainda tocou a trave antes de entrar. 1 a 0 Londrina. Após o gol, o jogo ficou muito movimentado. O Cascavel teve um escanteio aos 14’, Dinelson recebeu dentro da área e bateu forte, mas a bola explodiu no travessão. No contra-ataque Miullen ganhou dos zagueiros na velocidade, driblou o goleiro Vinicius, mas bateu em baixo da bola e mandou no travessão também.

E a lei do ex fez sua vitima no Oeste. Após falta cobrada da intermediária, Weverton subiu sozinho e cabeceou cruzado, sem chances para o goleiro Alan. Empate da Cobra aos 19’. Mesmo com as limitações, as duas equipes buscavam os ataques de suas maneiras, o Cascavel sempre pelas pontas e o Londrina principalmente buscando a referência Carlos Henrique. Quando o jogo já se encaminhava para o empate, Alef Manga foi derrubado por Vinicius Del’Amore dentro da área e o árbitro Lucas Paulo Torezin marcou pênalti. O próprio Alef Manga cobrou e converteu. 2×1 Cascavel, aos 47’ do segundo tempo.

Com a vitória do Rio Branco, o Londrina acabou em terceiro no grupo B com 7 pontos. Já o Cascavel ficou em quarto no grupo A com 8 pontos, pois o Coritiba venceu e o Cianorte empatou.

FICHA TÉCNICA: Cascavel 2×1 Londrina

Cascavel: 1 Vinicius; 2 Libano, 3 Danilo, 4 Junior Fell, 6 Elivelton; 5 Oberdan, 7 Xaves, 8 Lucas Tocantins (18 Bitelo), 11 Weverton; 9 Afonso (19 Alef Manga) e 10 Dinelson (21 Renan). Técnico: Milton do Ó

Londrina: 1 Alan; 2 Matheuzinho, 3 Dirceu, 4 Luizão (13 Vinicius Del’Amore), 6 Felipe (15 Igor Miranda); 8 Germano (17 Rodrigo Figueiredo), 5 Rômulo, 7 Moises, 10 Miullen, 11 Wesley; 9 Carlos Henrique. Técnico: Ricardinho

CA: Oberdan (Cascavel) | Luizão, Del’Amore, Felipe e Moisés (Londrina)

Gols: Weverton 19’ 2T e Alef Manga 47’ 2T (Cascavel) | Carlos Henrique 8’ 2T (Londrina)

Arbitro: Lucas Paulo Torezin

Auxiliares: Giovani Marcos Matielo e Christyan Henrique Zwicker

Local: Estádio Olímpico Regional, em Cascavel

Fonte: Do Rico ao Pobre

Related Posts

Facebook Comments