Castigo ao Coxa

Diante a imensidão de erros da diretoria do Coritiba, inclusive, com a demissão do técnico Paulo Cesar Carpegiani, em plena segunda feira de carnaval, dois dias antes do jogo,  nada mais justo que ser derrotado pelo seu tradicional adversário, E agora, como fica a administração coxa branca?. Vai continuar com Pachequinho, fazendo experiências, como eterno interino? Marcelo Oliveira, não aceitou o convite e, a imagem do Verdão parece estar borrada no circuito de técnicos de futebol. Vai aparecer alguém, via empresário, nas próximas horas. Time eliminado da Copa do Brasil, pelo ASA de Arapiraca, mostrou ser frágil, ruim a beira a mediocridade. Está na hora, dos dirigentes dom Verdão, assumirem suas funções ou, então, procurar aprender como se administra clube de futebol. A torcida, não suporta mais, tanto vexame, em tão pouco tempo.

No clássico de número 370, Atlético e Coritiba, proporcionaram um bom jogo aos torcedores e ao pessoal do Youtube. O Coxa, com maior volume de jogo, mas, incompetente para concluir, acabou perdendo o clássico, para um time aplicado, objetivo e que soube definir o placar. Kleber, cobrou penalidade máxima, mandando a bola na trave, quando o empate de zero a zero prevalecia.  O Atlético, a partir daí, cresceu e passou a acreditar em suas forças. O Furacão, teve méritos táticos e técnicos, para chegar ao seu primeiro triunfo no paranaense. Crisan aos 39 minutos do tempo inicial e, Douglas Coutinho, com participação de Luiz Henrique, aos 42 do segundo período, determinaram o triunfo do Furacão, que passa para seis pontos ganhos, ocupando a oitava colocação na classificação, fugindo, um pouco da zona do rebaixamento. Torcida atleticana, saiu da Arena, com sorriso enorme, com felicidade de título conquistado. Afinal, surrar o tradicional adversário, é a glória.

Posted in:
About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *