Cirino busca título com trabalho em equipe

Cirino busca título com trabalho em equipe

O público paranaense que for acompanhar a Grande Final da Copa Truck, no próximo domingo, no Autódromo Internacional de Curitiba já tem um representante do estado para torcer. O piloto Wellington Cirino é o único dos paranaenses na categoria que está na disputa do título da temporada de 2018. Nascido em Francisco Beltrão, na região sudoeste do estado, e morando em Curitiba, ele espera ter uma torcida forte nas arquibancadas.

“Posso dizer que estou correndo em casa, em uma pista que adora e onde já celebrei algumas conquistas no passado. Tenho a certeza que muitos estarão torcendo por mim e prometo que vou fazer o melhor possível”, comenta Wellington Cirino.

Desde o início da equipe AM MotorSport/Império Truck Racing, Cirino se envolveu com o desenvolvimento dos caminhões Mercedes-Benz. Por isso, ele aponta a evolução do equipamento como ponto principal para esta final.

“O caminhão teve algumas pequenas evoluções para esta corrida e vamos ter um caminhão bem forte para a corrida. É assim que estamos trabalhando, em equipe, para colocar os dois caminhões na frente”, conta.

Com a experiência de 20 temporadas nas corridas de caminhão, Cirino aposta que a definição do título dependerá muito da durabilidade dos caminhões.

“As corridas serão muito difíceis e disputadas. Particularmente, acredito que a partir da metade da segunda corrida é que a coisa será definida por conta do maior desgaste dos equipamentos. Isso será um ponto determinante. Vamos avaliando tudo a partir dos treinos de sexta-feira e traçar a estratégia para a equipe sair com o título”, prevê.

Social
Wellington Cirino está organizando uma visita dos pilotos da Copa Truck ao Hospital de Clínicas para a tarde da próxima quinta-feira. Primeiro, eles visitarão a ala infantil e, depois, a ala de oncologia.
“Por onde tem passado, a Copa Truck tem feito ações sociais importantes. Tenho uma certa ligação com o trabalho feito no HC e acho que é uma boa oportunidade de levarmos mais um pouco de carinho para as pessoas que estão lá. E, na verdade, são momentos especiais que fazem bem para nós”, finaliza Wellington Cirino.

Related Posts

Facebook Comments