Empate e vaias

Empate e vaias

Paraná saiu de campo sob vaias e protestos da torcida paranista, que esteve presente em Cianorte. O Tricolor só empatou com Leão do Vale por 2 a 2, neste domingo, no Albino Turbay, pela estreia da Taça Caio Júnior.

“Eu peço a paciência, eu sei que nosso torcedor está chateado. A gente quer isso mais que nunca. Vamos trabalhar muito para dar essa resposta e também queremos buscar coisas maiores”, afirmou o treinador Rogério Micale após o jogo, em entrevista para Rádio Transamérica.

Ao fim do jogo, o presidente do Paraná, Leonardo Oliveira, chegou inclusive a ir até o alambrado. “Estava conversando com os torcedores, que eles têm razão. Sobre o momento que o time vive, não estamos satisfeitos também. Precisamos ter cabeça no lugar agora”, afirmou o dirigente para a mesma rádio.

O goleiro Richard, que voltou ao time após uma lesão, deu razão aos protestos da torcida e admitiu que a equipe precisa da vitória para voltar a ter tranquilidade. “Estão no direito deles, meu sentimento é o mesmo. A gente sabe que precisa melhorar o quanto antes. E vamos conseguir”, aposta à rádio Transamérica na saída do gramado.

Em nove jogos na temporada, o Paraná só venceu um, com outros quatros empates e quatro derrotas. Além disso, o time já somou 20 contratações neste ano. Antes da partida, o executivo de futebol, Rodrigo Pastana, confirmou que mais reforços chegarão ao clube.

O Paraná busca a recuperação justamente no clássico com o Coritiba. O duelo está marcado para a próxima quarta-feira (7), às 21h45, na Vila Capanema.

Related Posts

Facebook Comments