Euforia da torcida preocupa técnico do Fantasma

“Ainda faltam 90 minutos”, frisa o técnico do Fantasma, que garantiu uma vantagem enorme na briga pelo acesso à Série C

O torcedor do Operário tem motivos de sobra para confiar que o time disputará a Série C no ano que vem. Depois da vitória maiúscula fora de casa por 3 a 1, de virada, sobre a equipe do Maranhão, o Fantasma conquistou uma vantagem imensa e está com um pé na Terceirona de 2018. Apesar do excelente resultado, que fez a torcida vibrar a mais de 3 mil quilômetros de distância, o técnico Gerson Gusmão tenta conter a euforia do torcedor até o fim dos 180 minutos.

“Falta um jogo ainda. São mais 90 minutos contra um adversário forte. Vamos manter a humildade para buscar o nosso objetivo”, destacou o treinador alvinegro na coletiva após o triunfo no Castelão. Apesar da cautela pregada pelo técnico, já que o Fantasma parou nesta mesma fase na última vez que disputou a Série D, o Operário tem grande vantagem. Pelo menos neste ano, não perdeu por nenhum placar que faria o time do nordeste reverter o resultado do primeiro jogo.

Além disso, o Operário terá um reforço importante para o confronto de volta das quartas de final: a torcida. Se no jogo decisivo contra o Espírito Santo, que foi definido nos pênaltis, mais de 4 mil pessoas lotaram o estádio Germano Krüger, o número deve ser ainda maior para o duelo da próxima segunda-feira (14), às 21h. A partida também será transmitida pela TV pelo canal Esporte Interativo.

O jogo

O Alvinegro dominou o primeiro tempo e criou mais chances que os donos da casa. Mas quem saiu na frente foi o Maranhão. Aos 8 minutos, após cobrança de escanteio, Yuri marcou de cabeça. A resposta do Operário veio aos 39 minutos e também em bola parada. Após escanteio, Peixoto balançou as redes. Ainda no primeiro tempo, o time alvinegro conseguiu a virada. Aos 45 minutos, Quirino recebeu livre de marcação e marcou o dele na partida.

Na segunda etapa, o Maranhão tentou pressionar, mas não conseguiu converter. Já o Fantasma ainda ampliou a vantagem com gol de Índio, que recebeu cruzamento de Robinho aos 18 minutos. O alvinegro conseguiu administrar o resultado e garantir a vitória fora de casa.

O Operário iniciou a partida com Simão, Danilo Báia, Alisson, Sosa, Peixoto, Chicão, Índio, Athos, Washington, Quirino e Lucas Batatinha. No segundo tempo, entraram Robinho, Jean Carlo e Serginho Paulista para saída de Washington, Quirino e Índio.

Posted in:
About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *