Até aqui o FC Cascavel realizou quatro partidas pelo campeonato paranaense. Ocupa a segunda colocação do grupo B, com os mesmos oito pontos do Coritiba, ficando atrás no critério de saldo de gols.

Neste sábado a serpente recebe o Foz, será o terceiro compromisso dentro de casa e a chance de conquistar a primeira vitória diante a sua torcida.

O FC Cascavel empatou sem gols no Estádio Olímpico em sua estreia contra o Toledo e na segunda rodada contra o Athletico Paranaense.

Embalado por duas vitórias convincentes fora de casa (Londrina e Operário), o elenco espera repetir mais uma boa atuação com muito trabalho e com os pés no chão. O discurso no CT da Serpente é de ter muito equilíbrio e nada de oba oba.

Devido a maratona de jogos e viagens, a equipe fez hoje um treino leve pela manhã em seu CT. No espaço de 14 dias, a serpente terá realizado 5 jogos e os desgastes físicos dos atletas começam a ficar evidentes.

Ricardo Lobo e Tocantins, substituídos no último jogo em Ponta Grossa, passaram a ser dúvidas para a partida de amanhã. Os dois foram os autores dos quatro gols do FC Cascavel no campeonato.

Lobo estreou contra o Atlhetico jogando os 90 minutos e quatro dias depois, fez seu segundo jogo contra o Londrina, atuando também a partida toda. Já contra o Operário o atacante sentiu um desconforto no adutor da perna esquerda e foi substituído aos 32 minutos do primeiro tempo.

Tocantins fez a sua estreia contra o Tubarão no Estádio do Café, ele entrou no lugar de Adilson Bahia aos 35 minutos da primeira etapa. Contra o Fantasma ele jogou até os 25 minutos do segundo tempo, depois de sentir dores na coxa.

Provável time para enfrentar o Foz: Fernando; João Carlos, Italo, Hitalo ROgério e Willian Simões; Duda, Léo Bartholo, Tocantins e Oberdan; Mateuzinho e Ricardo Lobo.

Related Posts

Facebook Comments