Gian garante vitória do Foz em Marechal

Em seu quarto jogo na Chave Ouro 2017, o primeiro diante de seu torcedor, a Copagril/ Sempre Vida/ Penalty foi derrotada nesta sexta-feira (12), pelo Foz Cataratas, em pleno ginásio Ney Braga, por 2 a 1, e segue sem saber o que é vencer na competição da qual defende o título conquistado ano passado. Com o resultado, os rondonenses seguem na última posição, com apenas dois pontos, enquanto o time da fronteira chegou a 10 e agora lidera o campeonato.

O jogo

O duelo no Ney Braga começou com a Copagril partindo para cima em busca do primeiro gol, mas faltou combinar com o goleiro Gian Wolverine. A primeira chance apareceu logo aos 2’, com Marquinhos, que recebeu de Parrel e bateu firme, mas parou no goleiro do Foz. A resposta dos visitantes veio com Daniel Feitosa, mas aí quem apareceu bem foi Baranha. Em seguida, após cobrança de falta de Parrel, Gian salvou o gol de Eduardo Jabá. Aos 8’, foi a vez de Ronaldo bater rasteiro no canto esquerdo, mas outra vez o goleiro salvou o Foz. Depois disso o jogo esfriou por alguns minutos, mas no fim voltou a esquentar. Aos 18’20’’, a Copagril cobrou mal uma falta no setor ofensivo, e no contra-ataque os visitantes abriram o placar com Neto Veiga, que desceu pela esquerda, passou por Parrel e bateu forte, cruzado, para superar Baranha. Restando 35 segundos para  o intervalo, Léo Costa cometeu a sexta falta do Foz em Eduardo Jabá. Na cobrança do tiro-livre, o goleiro reserva do Foz, João Paulo, avançou muito além do limite permitido para defender o chute de Cristian Alfinete, mas a arbitragem não mandou voltar a cobrança, gerando revolta da aquipe rondonense.

Na volta para a segunda etapa, a Copagril tentou imprimir um ritmo forte em busca do empate. Com 1’30’’, Gian mais uma vez salvou o Foz em chute de Eduardo Jabá. Mas quem voltou a marcar foram os visitantes. Aos 8’33’’, o Foz teve uma falta em dois lances na entrada área após recuo errado para Baranha. Na cobrança Neto Veiga rolou e Vini completou para as redes. De tanto insistir, a Copagril finalmente marcou seu gol aos 13’51’’. Ronaldo iniciou a jogada pela esquerda e passou para Deivão. O camisa 21 encontrou Gustavinho dentro da área, que deu um leve toque para desviar de Gian: 2 a 1. Nos minutos finais, o técnico Paulinho Sananduva colocou Eduardo Jabá como goleiro-linha, mas nas poucas finalizações que conseguiu, com Alfinete e Gustavinho, Gian garantiu a vitória do Foz.

Após a partida, o ala Gustavinho, autor do gol rondonense, avaliou a atuação da equipe. “Acredito que nossa equipe foi melhor no jogo, mas vacilamos em duas bolas e levamos os gols, um no fim do primeiro tempo e outro em cobrança de falta. Nosso time jogou bem, mas a bola não entrou e fomos punidos. Agora é erguer a cabeça. Terça-feira temos um jogo importante em casa contra o Carlos Barbosa e vamos com tudo para conseguir essa vitória. Nosso torcedor está vindo no ginásio e nos apoiando, e com muito trabalho tenho certeza que as coisas vão melhorar e vamos conseguir alcançar nossos objetivos durante o ano”, acredita.

Liga

Na terça-feira (16), a Copagril voltará a jogar no ginásio Ney Braga pela Liga Nacional. O adversário será o tradicional Carlos Barbosa, do técnico Marquinhos Xavier, às 20h15.

Fonte: Olho na Bola

About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *