Imaturidade

O técnico Paulo Autuori não escondeu a decepção com o resultado obtido pelo Atlético nesse domingo (6). Mesmo com o time vencendo o duelo no intervalo por 2 a 1, a equipe não repetiu a boa atuação da primeira etapa e levou a virada, sendo derrotada por 3 a 2 no final do duelo. Segundo Autuori a juventude do elenco foi decisiva para esse revés.

“Fico triste e decepcionado pelo que poderia ter feito aqui. Se tivesse uma equipe mais madura, teríamos saído com uma vitória até tranquila”, afirmou Autuori à Rádio Banda B após o duelo.

Prova dessa juventude é que dos 20 relacionados para a partida contra o Vitória, 11 têm menos de 23 anos de idade, sendo que cinco iniciaram o duelo como titulares: o zagueiro Marcão, o lateral Nicolas, os volantes Otávio e Hernani, além do meia Lucas Fernandes.

Além do fraco desempenho do Atlético na segunda etapa, Autuori também destacou a atuação do atacante Marinho, autor de dois gols e que foi decisivo para o resultado do jogo. “É um jogador que desequilibra e o futebol precisa de jogadores que desequilibram. Parabéns ao Marinho”, resumiu o técnico.

TABELA: Veja como está a classificação da Série A

O Atlético terá nove dias livres até sua próxima partida, contra o Fluminense, no próximo dia 15, no Rio de Janeiro. Para esse duelo Autuori terá a volta do zagueiro Thiago Heleno, que cumpriu suspensão automática contra o Vitória, mas perderá o goleiro Weverton, que estará a disposição da seleção brasileira. André Lima aguarda avaliação do departamento médico do clube para voltar a campo. Já o rival carioca terá um novo técnico no comando da equipe, pois o curitibano Levir Culpi foi demitido após a derrota frente ao Cruzeiro no último final de semana.

About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *