Já balançou

Depois do segundo tropeço do Coritiba na temporada, no empate sem gols com o Cascavel nessa quarta-feira (1), o técnico Paulo César Carpegiani expressou sua frustração por ainda não ter todo elenco disponível para escalar.

A falta de opções pesou para que o Coxa parasse na marcação da Cobra, especialmente no primeiro tempo, quando chegou mais na meta do goleiro Darci. “Poderia ter o Pelé pelo meio que não ia resolver”, lamentou o comandante, lembrando que a marcação no meio de campo estava muito acirrada.

Dos atletas contratados, o volante Jonas, o lateral-esquerdo William Matheus e o atacante Rildo ainda não foram liberados para estrear. Mesma situação do avante Neto Berola, que já fazia parte do plantel alviverde no ano passado. Dificilmente eles serão relacionados para encarar o Paraná no próximo domingo (5), no Couto Pereira.

Já os meio-campos Matheus Galdezani , Tiago Real e o zagueiro Márcio não foram aproveitados por opção do treinador. Galdezani, por exemplo, chegou a ser aproveitado no time titular em vários treinamentos durante a pré-temporada em Foz do Iguaçu.

“O que me desagrada é que não temos todos os jogadores em condições. À medida que tivermos, vamos formar uma boa equipe”, apostou Carpegiani. “Tenho que me adaptar com os jogadores que tenho”, frisou.

About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *