Kart: SPR negocia com autoridades para realizar provas

Kart: SPR negocia com autoridades para realizar provas

Assim como todos os eventos esportivos espalhados pelo Brasil e pelo mundo, a Copa SPR Light de Kart se viu forçada a interromper suas atividades por conta da pandemia do coronavírus. A interrupção chegou logo após a disputa da primeira das quatro etapas previstas, em março, quando cerca de 100 pilotos estiveram presentes no Kartódromo Beto Carrero, em Penha (SC).

A competição, uma das mais importantes em nível estadual no kartismo do Brasil, agora se movimenta para buscar a retomada de suas atividades. Para tanto, Jorge Garcia, seu promotor e organizador, tem participado de reuniões na Federação de Automobilismo de Santa Catarina (FAUESC), que, por sua vez, trabalha com as autoridades estaduais para obter a liberação oficial para reabrir o kartódromo para competições.

Desta forma, Jorge Garcia e a RBC, que fornece os motores para a competição em regime de sorteio, já começaram a esboçar um calendário para a realização das três provas restantes no calendário da temporada 2020. “Estamos trabalhando com algo ainda muito hipotético, uma vez que ninguém sabe exatamente quando poderemos voltar”, diz Jorge Garcia. “Teremos um final de temporada bastante apertado, com poucas datas disponíveis, mas pretendemos realizar as três etapas faltantes”, completou.

Ao mesmo tempo, o promotor da Copa SPR Light trabalha na realização da SPR 500, uma ideia nascida ainda antes da pandemia do coronavírus. Nesta prova, que será disputada em dezembro, pilotos e equipes participarão de uma corrida de longa duração.

“Foi uma ideia que nasceu no início do ano e, mesmo com a pandemia, foi tomando uma proporção muito grande, a ponto de hoje termos quase 50 equipes ‘pré-inscritas’, que já demonstraram um interesse muito grande em participar”, explicou Jorge Garcia. “Vamos fazer esta corrida, que já está sendo bastante trabalhada nos bastidores”, continuou.

Dentre os pilotos que já confirmaram presença na SPR 500 estão os principais nomes do kartismo catarinense e vários campeões nacionais, que hoje já somam mais de 100 pilotos.

Related Posts

Facebook Comments