Londrina mira G4, mas com concentração

Ao olhar para os números na tabela de classificação da Série B, o Londrina é super favorito no confronto contra o Náutico, neste sábado (22), no estádio do Café. Afinal, o alviceleste é o sexto colocado e o alvirrubro é o lanterna. A diferença entre os clubes é de 16 pontos.

Mas, no equilibrado futebol brasileiro, a supremacia numérica nem sempre se torna uma realidade em campo. Atento a esta possibilidade, o LEC prega muito respeito e concentração para não ser surpreendido em casa e desperdiçar pontos importantes neste momento chave da competição.

“Não está no nosso planejamento um resultado que não seja de vitória. Mas, se não jogar, se não produzir, correr e marcar não acontece nada. Temos que fazer o que fizemos nos jogos anteriores para não corrermos riscos”, alertou o técnico Claudio Tencati.

O time pernambuco conquistou apenas sete pontos dos 45 disputados e conquistou uma única vitória. O Timbu, porém, mostrou recuperação nas últimas quatro rodadas ao somar cinco pontos. “Temos que ter cuidado já que o Náutico evoluiu e fez bons jogos contra Santa Cruz e Juventude. Melhorou com as mudanças feitas no time e com as contratações. Não é mais aquela equipe frágil do início do campeonato. É mais consistente agora”, analisou o comandante alviceleste.

O pensamento no elenco também é o mesmo e ninguém cogita desperdiçar mais pontos em casa. A vitória no sábado é fundamental para o Tubarão manter o bom momento – são três vitórias e um empate – e continuar próximo dos primeiros colocados. O alviceleste tem 23 pontos, um a menos que o CRB, na quarta posição. “Em todos os jogos temos obrigação de vencer, pois sabemos como é a cobrança. Mas, temos que respeitar o adversário, já que há jogadores do outro lado também buscando seu espaço e querendo sair desta situação. Temos que nos impor para buscar o resultado”, afirmou o zagueiro Gustavo Silva.

PROBLEMAS
O técnico Claudio Tencati terá problemas, novamente, para escalar o LEC e será obrigado a mexer na equipe. O zagueiro Matheus viajou para a Bélgica para acertar a sua transferência para o Royal Antuérpia (ver box) e não joga mais na Série B. Marcondes entra no seu lugar. No meio-campo, Romulo, com uma lesão muscular na coxa, está vetado e será substituído por Bidía. Jardel está suspenso com o terceiro cartão amarelo e com isso Rafael Gava será mantido entre os titulares. Por outro lado, Celsinho, que não atuou em Goiânia, volta ao time após cumprir suspensão.

“Só vou definir se mantenho o Safira ou retorno com o Wellisson. Já havia uma programação de tirar o Wellisson do jogo em Goiânia, em razão do desgaste, já que ele vinha parado há muito tempo. O Safira foi bem em Goiânia e é mais rápido. Vou analisar para decidir”, frisou Tencati.

LEC perde zagueiro titular
O zagueiro Matheus não faz mais parte do elenco do Londrina para a sequência da Série B. O clube confirmou na quinta-feira (20) que o atleta foi liberado para acertar com o Royal Antuérpia Futebol Clube, da Bélgica. O jogador já está na Europa e após passar por exames médicos assinará um contrato de empréstimo até o fim da temporada europeia, em 30 de junho de 2018.

De acordo com o LEC, o zagueiro, de 25 anos, nem retornou a Londrina após a vitória contra o Goiás, no Serra Dourada. O clube alviceleste não receberá nada pelo empréstimo. Matheus foi revelado no próprio clube e começou a ganhar espaço na Série C, em 2015. Este ano, atuou em 26 partidas e marcou dois gols. Foi titular em todos os jogos da Série B. O Royal Antuérpia é o clube mais antigo do futebol belga, foi fundado em 1880, e depois de 13 anos voltou a primeira divisão nesta temporada. Tem quatro título nacionais e disputou 14 vezes copas continentais.

A saída de Matheus aumenta os problemas do técnico Claudio Tencati no sistema defensivo. Com Silvio e Ícaro machucados, o treinador terá apenas Gustavo Silva e Marcondes para o jogo de sábado (22) contra o Náutico. O treinador irá buscar um jogador da base para ficar no banco de reservas.

Se já buscava um novo jogador para o setor, a contratação de um outro zagueiro agora é emergencial. O primeiro nome da lista é Dirceu, mas o atleta tenta judicialmente romper seu contrato com o Figueirense. Como a situação não é tão simples, o LEC corre atrás de outros nomes também.

Para o confronto de sábado, Tencati sofre também com a falta de opções de volante. Germano, Jumar e Romulo estão machucados e Jardel, suspenso. Com isso, a única opção é Bidía, que será titular pela primeira vez na competição. (L.F.C.)

Lucio Flávio Cruz
Posted in:
About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *