Mais um tropeço do LEC em casa

Ninguém saiu feliz do estádio do Café na noite de sexta-feira (22). Os torcedores assistiram um jogo fraco tecnicamente, que terminou em 1 a 1, resultado ruim para Londrina e Santa Cruz. Com um pontinho dentro de casa, o LEC ficou a oito pontos do G4 e subiu para oitava colocação, mas deve cair na tabela neste sábado (23), quando cinco jogos completam a rodada. Com mais 12 jogos, a vitória era considerada fundamental para o acesso à Série A. A situação do Santinha é ainda mais delicada. Na 15ª posição com 28 pontos, o time precisa torcer contra Goiás e Figueirense, que podem igualar a pontuação do clube pernambucano, neste sábado, na luta contra o rebaixamento para a Série C.

Antes da bola rolar, a partida teve um minuto de silêncio em homenagem a Elizete Gomes da Silva, 46 anos, ex-atleta de heptatlo, que morreu na tarde de sexta-feira em um acidente na PR-445. Elizete foi tricampeã brasileira e sul-americana na modalidade, participou do Pan de 2007 no Rio e se aposentou em 2009.

Precisando da vitória para não ficar longe do G4, o Londrina tomou a iniciativa e foi para cima do Santa Cruz no estádio do Café. O Tubarão procurava manter a posse de bola em busca de espaços na defesa adversária, enquanto o Santinha apostava nos contra-ataques.

Lento e pouco criativo, o Londrina não assustava o visitante e por pouco não viu a Cobra Coral dar o bote aos 35 minutos. O meia Thiago Primão arrancou da intermediária, deixou a marcação para trás e acertou forte chute para bela defesa do goleiro alviceleste César. Foi a única chance real de gol em um primeiro tempo para ser esquecido.

Saulo Ohara

Saulo Ohara

O Tubarão voltou com duas alterações. O técnico Claudio Tencati sacou o apagado Celsinho e o centroavante Carlos Henrique, que protagonizou uma finalização bizarra na primeira etapa, que acabou em lateral para o adversário. Ricardinho e William Henrique entraram, mas a história se repetiu. O Londrina ficava mais tempo com a bola, mas o Santa Cruz chegava com mais perigo. Aos 11 minutos, Primão cruzou com perfeição para o experiente Grafite, que furou dentro da pequena área.

Logo, a falta de criativa no ataque e a insegurança defensiva cobraram um alto preço. Nininho enfiou a bola pelo meio, o estreante Quaresma tentou cortar, mas deu uma assistência para Wellington Cézar, que teve tranquilidade para finalizar no canto esquerdo de César para abrir o placar.

Com mais sorte que futebol, o LEC chegou ao empate. Em escanteio cobrado por William Henrique aos 29 minutos, a bola bateu em Ricardinho, que também entrou pela primeira vez, e foi parar no fundo das redes. O Londrina volta a campo na terça-feira (26), quando enfrenta o Oeste, às 20h30, na Arena Barueri.

Em Londrina

Londrina 1×1 Santa Cruz

Londrina: César; Reginaldo, Dirceu, Edson Silva e Quaresma (Ayrton); Germano, Jardel, Celsinho (Ricardinho) e Artur; Safira e Carlos Henrique (William Henrique). Técnico: Cláudio Tencati

Santa Cruz: Júlio César; Nininho, Anderson Salles, Sandro e Tiago Costa; Wellington Cézar, João Ananias e Thiago Primão (Natan); Bruno Paulo, Grafite (Ricardo Bueno) e André Luís (William Barbio). Técnico: Marcelo Martelotte

Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)

Gols: Wellington Cézar aos 18 minutos e Ricardinho aos 29 minutos do segundo tempo

Público pagante: 3.810 (4.382 total)

Renda: R$ 30.603

Local: Estádio do Café

Posted in:
About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *