O Maringá/Prorelax/Amavolei viajou até São José dos Pinhais e manteve a invencibilidade na Superliga B feminina 2019. Neste sábado (26.01), o time maringaense superou o São José dos Pinhais por 3 sets a 2, com parciais de 25/22, 25/27, 25/27, 25/21 e 15/8, em 2h08min, no ginásio Ney Braga. O duelo paranaense foi válido pela segunda rodada da competição.

Com esse resultado, o Maringá/Prorelax/Amavôlei permanece na terceira colocação, com 4 pontos e duas vitórias. Do outro lado, José dos Pinhais segue na sexta colocação, com 1 ponto.

Após a vitória, a central Laisa Gomes, que teve atuação destacada na partida, comentou o resultado e elogiou a postura do grupo maringaense. “São José tem uma equipe muito qualificada, com boas jogadoras. Hoje faltou um pouco do bloqueio, temos que evoluir nessa parte. Soubemos superar as adversidades, manter a concentração e vencer. Dedicamos essa vitória a Bia, que infelizmente acabou saindo machucada de quadra”, afirmou.

Juliano Trindade comemorou a vitória e falou sobre a evolução do grupo. “Estou muito feliz com a vitória. Enfrentamos momentos difíceis na partida, mas conseguimos superar todos os obstáculos e sair com o resultado positivo. A equipe está crescendo dentro da competição, ainda temos muito a melhorar e vamos continuar trabalhando para isso”, disse o comandante do Maringá/Prorelax/Amavôlei.

Pelo São José dos Pinhais, o técnico Alexsandro Paiva lamentou a derrota. “Infelizmente não conseguimos vencer essa partida contra Maringá. Fizemos um bom jogo, em alguns momentos fomos melhores, mas acabamos pecando no nosso principal fundamento que é o saque. Erramos muito e comprometemos o nosso jogo. Agora, precisamos focar no próximo e buscar a vitória”, destacou.

Próxima parada
Em partida atrasada válida pela primeira rodada, São José dos Pinhais recebe a FEAC/AFV Franca. O jogo acontecerá na próxima quarta-feira (30.01), às 20h, no ginásio Ney Braga.

O Maringá/Amavolei retorna a quadra no dia 3 de fevereiro, às 18h, no Chico Neto. Em casa, as maringaenses vão medir forças com o Marcelino Champagnat/FEL/Londrina, em mais um clássico do voleibol paranaense.

A Superliga B feminina 2019 é organizada pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV).

Related Posts

Facebook Comments