Marreco e Cascavel fazem duelo de melhores ataques

Passada a euforia da Liga Nacional de Futsal (LNF), agora o foco do Cresol/Marreco é a Série Ouro do Campeonato Paranaense. E o jogo de hoje à noite, contra o pentacampeão Cascavel, vale vaga na final da competição. Às 19:15 horas, no Ginásio Arrudão, as duas equipes iniciam o primeiro duelo da semifinal. O jogo de volta, no Ginásio da Neva, em Cascavel, vai acontecer no dia 18 de novembro, um sábado.
Marreco e Cascavel são os donos dos melhores ataques do Paranaense. Juntas, as duas equipes marcaram 178 gols. O time do técnico Nei Victor tem os dois artilheiros do estadual: Hernandes (22 gols) e Batata (17). Os artilheiros do Marreco são Sinoê e Barbosinha, com 14 gols cada.

As campanhas
O Cascavel foi o primeiro colocado na primeira fase, com 42 pontos, sendo 13 vitórias, 3 empates e 4 derrotas. A Serpente marcou 84 gols e levou 55. Nas quartas de final, o Cascavel eliminou o Campo Mourão, com duas vitórias (3 a 1 e 7 a 2). Com isso, o time do técnico Nei Victor já marcou 94 gols na edição 2017 da Série Ouro.
O Cresol/Marreco terminou a primeira fase em quarto lugar, com 37 pontos, sendo 11 vitórias, 4 empates e 5 derrotas. Foram 75 gols marcados e 47 levados. Nas quartas de final, a equipe do técnico Eduardo Pacheco Coelho, o Baiano, eliminou o Foz Cataratas, com duas vitórias (6 a 2 e 3 a 0). Somando tudo, foram 84 gols marcados no estadual.

Confrontos
Em 2017, as duas equipes já se enfrentaram duas vezes, com duas goleadas do Cascavel. No primeiro turno, um 6 a 2 no Ginásio da Neva. Na segunda parte da primeira fase, um inexplicável 5 a 0 no Ginásio Arrudão.
Desde 2010, quando o Cresol/Marreco disputou a Série Ouro pela primeira vez, as duas equipes já se enfrentaram 12 vezes pelo estadual: 8 vitórias para o Cascavel, 3 vitórias para o Marreco e um empate. No total, os cascavelenses marcaram 44 gols neste confronto e os beltronenses apenas 26.
O primeiro jogo do Marreco na Série Ouro, em março de 2010, foi justamente contra o Cascavel. Os beltronenses perderam no Ginásio Sérgio Mauro Festugatto por 4 a 3. Outra derrota que ficou engasgada para o Marreco foi na semifinal de 2014, quando os beltronenses perderam por 6 a 5, depois de estar vencendo por 4 a 2.
Na Liga Nacional, Marreco e Cascavel se enfrentaram uma vez, no ano passado, com um empate em 0 a 0 no Ginásio Arrudão. O JdeB não considera os Jogos Abertos porque é uma competição que envolve os municípios e as equipes são apenas representantes.

Desfalques
O Cresol/Marreco tem três baixas certas para o jogo de hoje à noite: Suelton e Banana suspensos e Guina machucado. O Cascavel não terá o ala Adeirton, que passou por uma cirurgia no joelho e está no departamento médico. Na equipe beltronense, somente o fixo Renan Fuzo está pendurado com dois cartões amarelos. Os cascavelenses estão com três jogadores pendurados: o goleiro Ale Falcone, o fixo Issamu e o pivô Jorginho.

Contraste das equipes
Como o Cascavel Futsal não jogou a edição 2017 da Liga Nacional, se dedicou exclusivamente ao Paranaense. Se o calendário está agitado para o Cresol/Marreco, a mesma situação não se aplica ao Cascavel, que jogou pela última vez no dia 18 de outubro. De lá para cá, o Cresol/Marreco jogou as duas partidas contra o Foz Cataratas, pelo estadual, e mais dois jogos pela Liga Nacional, contra Corinthians e Assoeva. Se, por um lado, o Cascavel está menos desgastado, também sente mais o ritmo de jogo. E o Marreco vive a situação oposta, pois passou por jogos decisivos nos últimos dias. É um grande contraste para essa semifinal.

Onze títulos em quadra

Baiano e Nei Vitor são os técnicos mais vencedores do futsal paranaense. Juntos, eles somam 11 títulos da Série Ouro. A diferença é que Nei Vitor ganhou todos os campeonatos pelo Cascavel (2003, 2004 e 2005 e 2011 e 2012). Já Baiano, hoje no comando do Cresol/Marreco, foi tetracampeão com o São Miguel do Iguaçu (1998, 1999, 2000 e 2002).

About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *