O Paraná, reconhecido por ter revelado diversos pilotos para a Fórmula 1, Indy e Stock Car, também faz parte da história do Mercedes-Benz Challenge. A etapa de abertura da temporada de 2016 será realizada neste domingo (6), no Autódromo Internacional de Curitiba, e representa mais uma grande chance de vitória para os pilotos da casa. Uma vitória especial, considerando que esta será a última corrida realizada pelo Mercedes-Benz Challenge no circuito paranaense.

“Correr em casa representa uma oportunidade única para nós, não só pelo conhecimento da pista, mas também pela maior exposição e pela possibilidade de receber nossos principais parceiros e patrocinadores. Gosto muito e, por mim, de oito etapas poderíamos ter sete em Curitiba”, brincou o paranaense Lorenzo Varassin, que disputa sua segunda temporada na categoria CLA AMG Cup e divide o volante com seu pai, Paulo, um dos mais experientes do grid.

Outro ponto a favor dos donos da casa é o fato de uma das principais equipes da temporada passada – vencedora de três das oito etapas de 2015 – ser justamente do Paraná. Casa de Lorenzo e de Paulo Varassin, e também dos pilotos Adriano Rabelo e José Vitte, a Cordova Motorsport é a maior conhecedora deste circuito. Chefiado por José Cordova, o time curiosamente não venceu a etapa realizada no Paraná no ano passado, mas chega para a abertura da temporada confiante em recuperar a faixa de campeão da prova.

“Estamos trabalhando muito nesta pré-temporada para que nosso carro esteja voador na etapa de abertura. Foram praticamente três meses de muito esforço de todos nós, pilotos e técnicos da equipe, e o resultado de tudo isso veremos a partir desta sexta-feira, quando começam os treinos. Espero que neste ano nenhum incidente de pista nos prejudique e que possamos subir no pódio como vencedores da prova”, declarou Cordova.

Em 2015, Adriano Rabelo foi um dos destaques da etapa curitibana e espera, finalmente, conquistar sua primeira vitória no Paraná. “Estou muito motivado para vencer este campeonato e nada melhor do que começar o ano correndo em casa. Para mim, que sou de Fortaleza, pode soar estranho dizer que corro em casa em Curitiba, mas esta é a pista onde mais treinei e onde aprendi a domar esta máquina de corrida maravilhosa que é o modelo CLA 45 AMG”, acrescentou.

Sexta-feira, 4
14h50 – 15h50 60′ – Treino 01 – C 250 CUP (Dupla*)
16h00 – 17h00 60′ – Treino 01 – CLA AMG CUP (Dupla*)

Sábado, 5
10h40 – 11h40 60′ – Treino 02 – MBC – Todos
15h15 – 15h35 20′ – Classificação MBC – CLA AMG CUP
15h45 – 16h05 20′ – Classificação MBC – C 250 CUP

Domingo, 6
10h35 – Largada (45 minutos de prova + 1 volta)

Related Posts

Facebook Comments