Motor: GT Sprint Race será a nova categoria de 2020

Motor: GT Sprint Race será a nova categoria de 2020

Nesta noite de quarta-feira (23) a organização da Sprint Race anunciou as mudanças para a sua nona temporada, em 2020. A principal delas é o novo posicionamento da marca, que passará a ser chamada de “GT Sprint Race”. Todas as novidades foram reveladas em seu evento de lançamento, realizado na Avantgarde São Paulo, na Capital Paulista.

As novas máquinas da categoria serão compostas com motores seis cilindros, com 3.6 de potência, acima de 300cv; chassi tubular em aço inox; suspensão independente, através de duplo triângulo e push rods; além do câmbio sadev de seis marchas, com paddle shift e power shift. Ao equilibrar um alto desempenho com o novo layout, com expressões de extrema qualidade, proporcionará a melhor experiência para os pilotos na história da competição, padronizando, assim, os novos carros da competição.

A organização trabalhou no conceito para atender às novas demandas de todos os pilotos, em uma relação perfeita entre performance e custo, atrelado ao mercado brasileiro, incluindo o regulamento reformulado e adotado para comportar o novo calendário.

Além de ser o ano de lançamento da “GT Sprint Race”, 2019 também marca o oitavo aniversário do campeonato. O CEO Thiago Marques, que apresentou os detalhes de todas as inovações durante o evento, relembrou os últimos calendários, que sempre foram acompanhados de novidades e pioneirismo. Como exemplo, as corridas noturnas e a primeira a competir em solo norte-americano, com a realização da Sprint Internacional Cup.

“Esta é uma nova fase para a categoria, um novo avanço. Foram meses de testes, mais de cinco mil quilômetros com o carro desse novo projeto. Estou muito feliz com a recepção e as novidades. Teremos a realização de uma das corridas em pista de aeroporto, em Curitiba, o que envolveu muita negociação e conversa para que isso fosse viabilizado. Feliz também pela aceitação de Potenza, em Juiz de Fora (MG) ter a GT Sprint Race na inauguração do autódromo, no segundo semestre do ano que vem. E outra satisfação nossa é levar a competição para o autódromo de Goiânia, que desde o primeiro ano de categoria, são dezenas de pedidos de pilotos e patrocinadores para levarmos nossa caravana, mas vamos de uma forma diferenciada, com uma corrida ao anoitecer, denominada Sunset Goiânia”, detalhou Marques.

ETAPAS 2020

A temporada 2020 está planejada três etapas especiais (Especial Edition) em três corridas por final de semana: a #AirportTrack, em Curitiba/PR, com corridas na pista do aeroporto; a #Potenza, que a inaugurará as atividades do autódromo em Juiz de Fora (MG); e a #SunsetGoiânia, que marcará a estreia da localidade na competição. Nas etapas especiais, os pilotos vão competir obrigatoriamente em dupla, cada qual em sua respectiva classe (PRO e GP) e além do título, concorrem a R$ 100 mil em dinheiro, como prêmio.

A nona edição do campeonato terá também a realização de seis etapas (12 corridas), todas no Brasil, tendo um ou dois pilotos por carro, os quais concorrerão ao título das classes PRO e GP. O calendário provisório ainda prevê os seguintes autódromos: 1ª etapa, Curitiba/PR; 2ª etapa, Interlagos/SP, 3ª etapa, Londrina/PR (#sprintnightchallenge); 4ª etapa, Cascavel/PR (#sprintinversegrid); 5ª etapa, Velo Città/SP (#setupfree) e 6ª etapa, Interlagos/SP.  Na disputa destas, as premiações contemplarão R$ 300 mil reais aos campeões em investimentos.

Mas a temporada 2019 ainda não terminou. A próxima disputa da Sprint Race 2019 será no autódromo do Velo Città, Mogi Guaçu (SP), nos dias 29 e 30 de novembro.

Related Posts

Facebook Comments