Operário respira com vitória sobre o Cascavel

O Operário saiu venceddor do duelo do desespero da rodada do Campeonato Paranaense, mas os dois times não têm o que comemorar. Ambos fecharam a rodada na zona do rebaixamento e precisando de vitórias e combinações de resultados na rodada que fecha a primeira fase do estadual.

Thiago Silva foi o destaque da partida disputada em Toledo marcando os dois gols alvinegros. O jogador vive um drama familiar com o filho internado em uma UTI pediátrica a mais de 40 dias.

“Foi uma semana bem difícil. Eu pedi aos meus companheiros que me dessem força e jogassem por mim e por ele. Quando fiz o gol só tive que agradecer”, afirmou o artilheiro da partida.

Na última rodada da primeira fase do Estadual, a Cobra encara o Rio Branco, no próximo domingo (27), no Estádio do ABC, em Foz do Iguaçu, às 16h. Já o Fantasma joga pelo tudo ou nada, para continuar na Elite do futebol Paranaense,  contra o Foz do Iguaçu  no Estádio Germano Krüger, também no domingo (27), em Ponta Grossa às 16h.
Crédito: Roni Pimentel

O primeiro tempo não teve maiores chances. O Operário acertou a trave do goleiro Vinicius, em um chute de Perovic, que ao finalizar sentiu uma fisgada na coxa e teve que ser substituído, justamente por Thiago Silva. O Cascavel chegou duas vezes, mas com finalizações fracas de Romarinho e Moreto.

A conversa de vestiário surtiu resultado para o Operário. Logo a três minutos, Peixoto cobrou lateral, Reinaldo Mineiro não alcançou a bola que foi lançada na área, mas Thiago Silva estava lá para marcar, o jogador estufou a rede do Cascavel e marcou o sétimo gol do Fantasma no Campeonato.

O gol que sacramentou a vitória do Operário surgiu de um chutão no setor defensivo. O lateral Peixoto acreditou no lance, segurou na linha de fundo até encontrar Juba que entrou na área a cruzou rasteiro para Thiago Silva escorar para o fundo da rede, fechando o jogo em 2 a 0.

Para a partida decisiva diante do Foz, o Operário não contará com o capitão Chicão, que recebeu o terceiro cartão amarelo.

Para escapar do rebaixamento o Fantasma precisa da vitória contra o Foz e torcer pela derrota de PSTC, Rio Branco, Toledo, Maringá e do Cascavel.

FICHA TÉCNICA
FC CASCAVEL 0 X 2 OPERÁRIO
FC Cascavel: Vinicius; Marcelinho (Everton), Dener, Romarinho (Yuri) e  Henrique; Sorbara, Léo Maringá, Morato e Vitti; Edmilson e Denílson (Gustavo). Técnico: Karmino Colombini.

Operário: Juninho; Alessandro, Douglas Mendes, Sosa e Peixoto; Lucas (Marcelo Carvalho), Chicão e Marko Perovic (Thiago Silva); Juba, Lucas Batatinha (Rafinha) e Reinaldo. Técnico: Joel Preisner.
Local: Estádio Municipal 14 de Dezembro, em Toledo
Árbitro: Adriano Milczvski.
Assistentes: Luciano Roggenbaum e Márcio Lopes Guerra.
Público/Renda: 532 total/ R$ 9.390,00.
Cartões Amarelos: Juba, Thiago Silva, Chicão (Operário). Gols: Thiago Silva aos 3′ e aos 41′ do 2º tempo pelo Operário.

About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *