O Paraná Clube joga nesta quinta-feira (dia 22) pela segunda fase da Copa do Brasil. A disputa, em partida única, será contra o Sampaio Corrêa, no Estádio Castelão, em São Luís (MA). Em caso de empate, a decisão será nos pênaltis. Quem avançar pega na terceira fase o vencedor do duelo entre Ponte Preta e Inter de Limeira-SP.

Até agora, o Paraná já acumulou R$ 1,8 milhão na Copa do Brasil (R$ 880 mil pela primeira fase e R$ 950 pela segunda). Se avançar nesta quinta-feira, leva mais R$ 1,4 milhão.

O Sampaio Corrêa estava invicto em 2018 até o último fim de semana, quando perdeu para o Imperatriz, por 2 a 0, pelo campeonato estadual. Antes disso, somou cinco vitórias e dois empates.

Desse total, três jogos foram pela Copa do Nordeste: empate com o CSA e vitórias sobre Ceará e Salgueiro. Com esses resultados, o Sampaio Corrêa lidera o Grupo D da competição interestadual.

Após a derrota para o Imperatriz, o presidente do Sampaio Corrêa, Sergio Frota, criticou duramente o calendário brasileiro. “Além de nos submetermos a esse calendário absurdo, ainda precisamos lidar com os gastos extras, como uma viagem de avião para Imperatriz. Dinheiro que sai dos cofres dos clubes, já que no Campeonato Maranhense nós pagamos para jogar”, declarou para o site oficial do clube.

O destaque individual do time em 2018 é o atacante Uilliam, 23 anos, que tem oito gols em oito jogos. Ele foi formado na base do Fortaleza.

Fundado em 1923, o Sampaio Corrêa tem três títulos nacionais: a Série B de 1973, a Série C de 1997 e a Série D de 2012. Também foi campeão da Copa Norte em 1998. Para completar, possui 33 títulos estaduais (o último foi em 2017).

O time vai disputar a Série B em 2018, após terminar em quarto lugar a Série C de 2017.

SAMPAIO CORRÊA x PARANÁ
Sampaio Corrêa: Andrey; Junio Rocha (Bruno Moura), Maracás, Joecio e Kaique; Silva, Yuri, Sobral, Marlon e Uillian; Fumaça (James). Técnico: Francisco Diá
Paraná: Thiago Rodrigues; Junior, Charles, Neris e Mansur (Baez); Leandro Vilela, Zezinho, Lucas Fernandes, João Paulo (Carlos Eduardo) e Diego; Zé Carlos (Thiago Santos).
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Local: Estádio Castelão, em São Luís (MA)

Related Posts

Facebook Comments