O atleta João Miguel Neto está muito perto de garantir uma vaga na seleção brasileira de taekwondo que vai disputar os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. O lutador disputa na sexta-feira a seletiva olímpica final, que será realizada em Vitória, no Espírito Santo.
Aos 20 anos, João Miguel está bem próximo de realizar o sonho de qualquer atleta. Ele terá dois adversários pela frente e somente o melhor deles carimba a vaga. “É todo um trabalho de vários anos. Certamente é a realização de um sonho e me sinto preparado para chegar lá”, afirmou o atleta da Academia Madureira.
Na primeira seletiva, em janeiro, na cidade de Santos, o lutador precisou de apenas uma vitória para se classificar já que alguns adversários desistiram da etapa. Agora, porém, João Miguel sabe que não terá vida fácil. “Acredito em uma disputa muito difícil. Os dois são grandes lutadores e estão bem preparados. Mas, estou focado e confiante na vitória.”
Natural de Pato Branco (Sudoeste) e morando em Londrina desde 2010, o atleta vai enfrentar o paulista Leonardo Moraes e o amapaense Venilton Teixeira em busca de uma vaga olímpica na categoria até 58 quilos. “Em cinco confrontos contra o Venilton, venci quatro e diante do Leonardo só lutamos na seletiva de Santos, onde saí vitorioso”, revelou. Os três lutam entre si e quem somar mais pontos garante a vaga.
O atleta admite uma certa ansiedade com a proximidade da seletiva, mas ressalta que a boa preparação realizada o deixa tranquilo em relação ao seu desempenho. “Fiz um trabalho correto e a preparação foi boa, tanto na parte física quanto técnica. Chego muito confiante”, comentou. João Miguel viaja na quarta-feira e as lutas serão disputadas no ginásio Tancredo Neves.
Para controlar a ansiedade e o nervosismo, o técnico Fernando Madureira aponta que o caminho é manter a concentração. “O momento é de foco na competição e aproveitar os últimos dias para realizar treinos técnicos específicos para estar 100% preparado em busca da vaga”, ensinou o técnico, que também integra a seleção brasileira.
A seletiva olímpica final contará com um grupo restrito de apenas nove atletas. No masculino, além da categoria até 58 quilos, haverá disputa na categoria acima de 80 quilos com Guilherme Felix (ES) e André Bilia e Maicon Siqueira, ambos de São Paulo, brigando pela vaga.
Entre as mulheres, a disputa será apenas na categoria até 57 quilos entre as paulistas Rafaela Araujo, Paloma Lima e Julia Vasconcelos. Na categoria até 49 quilos, Iris Tang Sing já conquistou a vaga pelo ranking olímpico.
Lucio Flávio Cruz

Related Posts

Facebook Comments