O Autódromo de Curitiba recebe a Fórmula Truck desde 1996 e a prova do dia 10 de abril – a segunda etapa deste ano – deve mesmo ser a última no traçado situado na cidade de Pinhais, vizinha à capital paranaense. Esta será a 23ª corrida na veloz e técnica pista de 3.695 metros. Enquanto o tricampeão Felipe Giaffone não pode mais ser alcançado no número de poles positions, pois já conquistou cinco e os segundos colocados (Wellington Cirino e Jorge Fleck) têm três, a briga por ser o maior ganhador ainda está aberta. Os que mais vezes subiram no lugar mais alto do pódio são o tetracampeão Wellington Cirino e o tricampeão Leandro Totti, ambos com três vitórias cada.

Entre os pilotos em atividade somente Felipe Giaffone e o bicampeão Roberval Andrade, ambos com dois primeiros lugares em Curitiba, podem igualar os dois líderes. A pista curitibana já teve 13 vencedores diferentes na mais popular categoria do automobilismo da América do Sul, enquanto que 11 largaram na pole position. Desde 1996, quando, na combinação de tempos, Sérgio Drugovich venceu com o caminhão Scania, a Fórmula Truck só não esteve no autódromo em 1997 e em 2004. No entanto, em 2000 e 2001 foram rodadas duplas, o que totaliza 22 corridas na capital paranaense. A do dia 10 de abril será a 23ª e última.

Entre as fábricas a disputa também está equilibradíssima, com seis vitórias da Mercedes-Benz (duas em 2001, 2003, 2006, 2009 e 2012) cinco da Scania (1996, 1998, 1999, 2000 e 2010), cinco da Volkswagen (2005, 2007, 2013, 2014 e 2015), quatro da Volvo (duas em 2000, 2002 e 2008) e duas da Ford (2002 e 2011). Scania e Volks podem igualar a marca da Mercedes e a Volvo pode colocar três empatadas no segundo lugar.

Relação das corridas da Fórmula Truck em Curitiba com os respectivos poles positions. Em 1996 e 1999 foram dois poles e os tempos do ganhador foram combinados. Em 2000 foram dois vencedores em cada uma das duas corridas.

1996 – Vencedor: Sérgio Drugovich (Scania)
poles: Renato Martins (Scania) e Sérgio Drugovich (Scania)

1997 – Não teve etapa em Curitiba

1998 – Vencedor: Osvaldo Drugovich (Scania)
pole: Osvaldo Drugovich (Scania)

1999 – Vencedor: Osvaldo Drugovich (Scania)
poles: Jorge Fleck (Volvo) e Osvaldo Drugovich (Scania)

2000 (1) – Vencedores: Jorge Fleck (Volvo) e Vignaldo Fizio (Scania)
pole: Jorge Fleck (Volvo)

2000 (2) – Vencedores: Thiago Grisson (Volvo) e Roberval Andrade (Volvo)
pole: Jorge Fleck (Volvo)

2001 (1) – Vencedor: Wellington Cirino (Mercedes-Benz)
pole: Wellington Cirino (Mercedes-Benz)

2001 (2) – Vencedor: Wellington Cirino (Mercedes-Benz)
pole: Wellington Cirino (Mercedes-Benz)

2002 – Vencedor: Beto Monteiro (Ford)
pole: Roberval Andrade (Scania)

2003 – Vencedor: Vignaldo Fizio (Mercedes-Benz)
pole: Wellington Cirino (Mercedes-Benz)

2004 – Não teve etapa em Curitiba

2005 – Vencedor: Luiz Zappelini (Volkswagen)
pole: Vignaldo Fizio (Mercedes-Benz)

2006 – Vencedor: Vinicius Ramires (Mercedes-Benz)
pole: Renato Martins (Volkswagen)

2007 – Felipe Giaffone (Volkswagen)
pole: Felipe Giaffone (Volkswagen)

2008 – Vencedor: Luiz Zappelini (Volvo)
pole: Beto Monteiro (Scania)

2009 – Vencedor: Wellington Cirino (Mercedes-Benz)
pole: Felipe Giaffone (Volkswagen)

2010 – Vencedor: Roberval Andrade (Scania)
pole: Roberval Andrade (Scania)

2011 – Vencedor: Danilo Dirani (Ford)
pole: Danilo Dirani (Ford)

2012 – Vencedor: Leandro Totti (Mercedes-Benz)
pole: Leandro Reis (Mercedes-Benz)

2013 – Vencedor: Felipe Giaffone (Volkswagen)
pole: Felipe Giaffone (Volkswagen)

2014 – Vencedor: Leandro Totti (Volkswagen)
pole: Felipe Giaffone (Volkswagen)

2015 – Vencedor: Leandro Totti (Volkswagen)
pole: Felipe Giaffone (Volkswagen)

Related Posts

Facebook Comments