Rodrigo Baptista é o campeão da Porsche GT

Rodrigo Baptista dominou em Interlagos, garantindo o título de 2017 da temporada de sprint da Porsche Império GT3 Cup com direito a Grand Chelem.

Largando da pole, o competidor do carro #3 liderou todas das voltas da primeira corrida da Cup em Interlagos. De quebra registrou a melhor volta da prova.

Considerando a pontuação com descartes ele abriu 20 pontos de margem sobre Miguel Paludo. Como leva vantagem no número de vitórias (atingiu sua sétima nas provas de sprint, contra uma do competidor gaúcho), Rodrigo só não será coroado como campeão neste domingo caso leve uma bandeira preta na preliminar do GP Brasil de F1.

Em segundo lugar ficou Lico Kaesemodel, com Ricardo Baptista em terceiro, Paludo em quarto e JP Mauro completando o pódio em quinto.

Pela classe Challenge, a pole da corrida deste domingo ficou com Eloi Khouri. Campeão overall da categoria em 2016, o competidor do carro #21 acelera neste fim de semana nas duas classes. E foi muito bem em sua estreia pela Cup Sport, com o segundo lugar na classe.

A divisão de entrada dos carros da geração “991”, aliás, sofreu uma reviravolta neste sábado. O então líder nos pontos e na pista, Fernando Fortes, abandonou a prova depois de um acidente no fim da reta principal. Zerou nos pontos e viu o triunfo ficar com Marcel Visconde e o Porsche #20. Com isso, o recordista em largadas com os carros de corrida mais produzidos no planeta assumiu a liderança por um ponto sobre Fortes, já considerando os descartes previstos em regulamento.

A programação deste domingo começa às 9h, com a corrida da Challenge. A prova final da Cup tem largada marcada para 10h, com Werner Neugebauer largando na pole pela regra do grid invertido. As duas provas terão transmissão ao vivo dos canais Sportv.

 

A corrida

Cup

Rodrigo Baptista não fez a melhor largada de sua carreira, perdendo um pouco de ação quando as luzes apagaram. Posicionou seu carro pelo meio da pista na largada, deixando o lado de fora para Lico, que mesmo com mais velocidade na partida não teve condição de superar o carro #3 na tomada do S do Senna. Ricardo Baptista tentou arriscar por dentro, mas foi forçado a recolher e precisou se contentar com a terceira posição. Paludo duelou com JP Mauro e conseguiu o quarto lugar na primeira volta.

Pela Cup Sport, Fernando Fortes liderava com o sétimo lugar no geral, enquanto Tom Valle era o ponteiro da Cup Master no início da prova.

Lico pressionou bastante o líder na segunda volta, mas Rodrigo não se abalou.

Com 10 minutos de prova, o carro #3 já tinha dois segundos de folga sobre o #63, que tinha mais três de diferença para Ricardo Baptista, muito pressionado por Paludo àquela altura. Edu Azevedo completava o top5.

Depois de insistir bastante, Werner Neugebauer superou Tom Valle pela sexta posição na freada do S do Senna. A disputa entre eles possibilitou a aproximação de Pedro Queirolo e Fortes, que vinham a seguir.

A 10 minutos da bandeirada, em belíssima manobra no fim da reta, JP Mauro recuperou o quinto lugar sobre Edu Azevedo.

Fortes escapou no fim da reta ao tentar superar Queirolo, provocando a intervenção do safety-car faltando 8 minutos para a abertura da última volta. O carro #32 abandonou, deixando a liderança na classe de entrada para Marcel Visconde e o carro #20.

O competidor do carro acidentado saiu ileso, inclusive acenando para a arquibancada. Já a equipe de resgate de pista enfrentou grande dificuldade para remover o carro de Fortes, de modo que a corrida acabou sob safety-car.

Na bandeirada o top5 mostrava: Rodrigo, Lico, Ricardo, Paludo e JP Mauro. Em oitavo, Tom Valle venceu pela Master enquanto Visconde ganhou a prova da Cup Sport com o 11o lugar no geral.

 

A classificação

Challenge

O fim de semana tem sido realmente especial para Eloi Khouri. Após dominar o treino livre da última sexta-feira, ele foi o mais rápido na classificação deste sábado (11), cravando assim a pole position para a disputa deste domingo.

Vale lembrar que, por ter sido o campeão overall da Challenge na temporada passada, Eloi também está na disputa da Cup neste fim de semana.

A luta pela primeira colocação no grid foi bem disputada entre os três primeiros colocados do campeonato da Challenge. Logo no início, Eloi cravou a volta mais rápida, com 1min44s168. No entanto, o tempo ainda estava bem alto.

Conforme a classificação foi passando, as marcas começaram a baixar. Logo, os pilotos entraram na casa de 1min42s, até que Marcus Vario, o terceiro no campeonato, cravou 1min41s743.

Em seguida, Eloi voltou a tomar a ponta, com 1min41s743. Mas o campeão da temporada, Marçal Müller resolveu entrar na disputa. E com 15 minutos para o fim da atividade, assumiu a ponta, com 1min41s330.

E quando a classificação entrou na parte final, Eloi resolveu mostrar que a pole position não estava definida. Com sete minutos para o fim, ele baixou o tempo para 1min41s291. Uma marca que não foi mais superada pelos adversários.

Campeão por antecipação, Marçal assegurou a segunda posição no grid de largada, com Marcus Vario em terceiro e Rodrigo Mello em quarto.

Na classe Challenge Sport, Pedro Costa foi o mais rápido, com a sexta colocação geral (1m41s935). Ele, que corre pela primeira vez em um fim de semana junto com a Fórmula 1, foi o campeão da temporada na classe de entrada.

Posted in:
About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *