STJD decide por permanência da Lusinha na segundona

Por unanimidade, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva, manteve a decisão do Tribunal Pleno do Paraná, absolvendo a Portuguesa Londrinense, da infração ao art. 214 do CBJD, O time de Londrina, foi punido com multa de R$1.000,00, por descobrir o regulamento do campeonato, quanto ao protocolo. 
O Grêmio está rebaixado para a terceira divisão. Resta agora, aguardar o trânsito em julgado da  liminar protocolada e definida pelo Tribunal Pleno paranaense, Pode ocorrer que o Grêmio, único interessado, venha a embargar referida decisão. Para Alessandro Kishino, advogado do Operário, resta aguardar a certidão do julgamento, para verificar se autorizará a sequência do campeonato de imediato.
Kishino explica que: “Na melhor das hipoteses, o Operário jogará na 4ª feira contra a Portuguesa Londrinense, em Ponta Grossa. Vou aguardar a redação da respeitável decisão, que confirmará ou não o reinício do certame.” Concluiu Alessandro Kishino.

JOGO NA 5ª FEIRA
Mantivemos contato, às 17:00 horas, com o advogado do Grêmio de Maringá, Dr. Fabio Cazerino, o qual assegurou que não solicitou transcrição da decisão do STJD, o que permite a Federação Paranaense de Futebol, marcar a primeira rodada do grupo “A” da segunda divisão, para a próxima semana. Esclareceu com no Trânsito em Julgado, da Medida Inominada, por ele apresentada, pede a sequência do certame.
O Operário, enviou ofício para a FPF, solicitando que a partida contra a Portuguesa Londrinense, seja disputada na 5ª feira, pedido deferido, com o jogo começando às 20 horas, em Vila Oficinas. 
Já Iraty e União, devem jogar na quarta-feira.

 

Posted in:
About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *