O Paraná perdeu (de virada) para o Juventude por 2 a 1, em jogo válido pela terceira rodada da Série B, e deixou escapar a liderança da tabela – em caso de vitória, retomava a ponta da Segundona.

O Tricolor abriu o placar com Felipe Alves (13 do 2º tempo), mas tomou a revés em jogadas de bola parada. O empate veio no minuto seguinte ao time paranaense balançar as redes: Leílson cobrou a falta e Assis, que fez sua estreia com a camisa paranista, cabeceou contra a própria meta. O gol da derrota veio aos 46, com Diego Felipe, após cobrança de escanteio.

Com o resultado, o Paraná fica na nona colocação, com cinco pontos ganhos depois de quatro jogos – a equipe comandada por Cristian de Souza venceu o Goiás por 2 a 0 na partida adiantada da quarta rodada. Já o Juventude pulou para a terceira colocação e divide a liderança da competição com o Paysandu e CRB, todos com sete pontos.

Agora, o Paraná vira a chave e se prepara para o jogo do ano: depois de vencer por 3 a 2 em casa, o time viaja para Belo Horizonte, onde encara o Atlético MG pelas oitavas de final da Copa do Brasil na próxima quarta-feira, às 21h45, no Independência.

Após a partida, irritados com o resultado, os jogadores evitaram a imprensa. Apenas o goleiro Marcos falou e lamentou o resultado. “O jogo estava nas nossas mãos. Tivemos chances, infelizmente, não fizemos”, resumiu.

Especialmente no primeiro tempo, os paranistas controlaram a partida, perdendo algumas chances claras de gols. Na etapa final, quando jogo caminhava para o zero a zero, o Tricolor abriu o placar, mas cochilou na sequência, sofrendo o empate. Nos minutos finais, apesar de Marcos fazer uma defesa milagrosa, o goleiro acabou falhando nos acréscimos, assim como o resto do sistema defensivo, e veio o castigo para a equipe.

Related Posts

Facebook Comments