O Campeonato Brasileiro de Turismo de 2016 começa neste fim de semana em Curitiba, com mudanças no seu formato. Das oito etapas, sete serão em rodada dupla; as provas serão mais longas, com a disputada no sábado em 25 minutos, mais uma volta e a de domingo, com duração de 35 minutos, mais uma volta. O grid de segunda prova será formado pela ordem de chegada da prova de sábado, com a inversão dos seis primeiros; também foi introduzido o push to pass (botão de ultrapassagem); e na prova de domingo, será obrigatório um pit stop.

Estas mudanças empolgam o paranaense Gustavo Myasava, que pelo segundo ano consecutivo irá defender a equipe Drugovich Peças/Noma/Flabom Têxtil/J. Star. Para ele, o Brasileiro de Turismo se aproxima ainda mais da Stock Car, tornando-o realmente uma categoria de acesso, que irá aprimorar muito os pilotos que nas próximas temporadas estarão na categoria principal. “Será um grande aprendizado para nós, que sonhamos subir para a Stock Car. Teremos que elaborar estratégias e usar os push to pass na hora certa. As provas serão mais longas, exigindo mais do preparo físico dos pilotos”, acentua Gustavo.

Sobre etapa de abertura da temporada, a ser disputada neste fim de semana, em Curitiba, Gustavo mostra-se confiante na conquista de um bom resultado. “Vou competir no circuito da capital paranaense, onde sempre tenho boa performance. Continuar na J. Star também é positivo porque estou entrosado com todos os integrantes da escuderia. Agora é trabalhar para colher os frutos”, salienta Gustavo Myasava.

Related Posts

Facebook Comments