De forma heroica, o PSTC está na semifinal do Campeonato Paranaense e também na Série D do Campeonato Brasileiro. Depois de perder o jogo de ida, em casa, por 3×0, a equipe de Cornélio Procópio devolveu o placar em cima do J. Malucelli, no Ecoestádio, com três gols de Jenison, e nos pênaltis, ganhou pr 4×3.  Já o Jotinha, só disputará a competição nacional se o Foz for eliminado pelo Paraná, neste domingo (10).

“Temos que dar os parabéns a todos, muitos não acreditavam, mas os meninos demonstraram que estão de parabéns. No primeiro ano chegarmos entre os quatro primeiros e conseguir uma vaga na Série D, isso é muito bom”, comemorou o técnico do PSTC, Reginaldo Vital, em entrevista à rádio Banda B.

Precisando da vitória, o PSTC foi para cima desde o começo e abriu o placar aos 21 minutos, quando Caxambu cruzou pela direita e Jenison, de cabeça, finalizou.

O time visitante continuou pressionando e ficou com um jogador a mais em campo aos 31, quando o goleiro Fabrício, do J. Malucelli, fez falta fora da área e foi expulso. Três minutos depois, após cruzamento, Jenison cabecou na trave, mas ele mesmo aproveitou a sobra para ampliar para o PSTC.

No começo do segundo tempo, aos sete minutos, Jenison chegou ao terceiro gol ao bater na saída do goleiro. Com o resultado que levava a disputa da vaga para os pênaltis, os dois times esfriaram os ânimos, com medo de arriscar e um erro acabar custando a eliminação.

Nas cobranças de pênaltis, o goleiro Lucas foi o herói do PSTC, ao defender duas cobranças, de Leandro Silva e Valdomiro, enquanto apenas Spice perdeu para o clube de Cornélio Procópio. Na última cobrança, Wellington Baroni acabou chutando para fora, mas o árbitro mandou voltar e, na sequência, ele fez o gol da classificação.

“Bobeamos, erramos no jogo e isso foi fatal. Ficamos chateados, tristes pelo campeonato que fizemos, mas só temos a lamentar”, lamentou Ary Marques, técnico do J. Malucelli, na Banda B.

Related Posts

Facebook Comments