A fase de preparação do Foz Cataratas Futsal passa por ajustes dentro e fora da quadra, com o objetivo de acertar a equipe antes do início das disputas pela Série Ouro. Depois de mais uma semana intensa de treinamentos, a comissão técnica decidiu pela dispensa dos atletas Marlon e Matheus. Juntamente com a diretoria, trabalhou rápido e acertou as contratações do ala Augusto e o retorno do fixo Wanderson.

Com 29 anos, o experiente ala direito Augusto César da Silva vestiu a camisa do Jaraguá Futsal na última temporada. No clube catarinense foi campeão estadual e disputou a Liga Nacional. Augusto é natural de Itajubá – MG. No futsal paranaense, atuou pelo Umuarama em 2014. “Chego ao Foz Cataratas motivado para alcançar os objetivos traçados. Ano passado acompanhei a bela campanha do time na Série Ouro, com a força da apaixonada torcida iguaçuense fazendo a diferença nos jogos em casa. Este ano vamos com tudo, para fazer bonito mais uma vez”, afirmou Augusto.

O fixo Wanderson Carlos da Silva , 24 anos, defendeu o Foz Cataratas na temporada 2014 e retorna ao Foz Cataratas. Natural do Recife – PE, Wanderson Pernambucano, em 2015, jogou a Série Prata do paranaense pelo Siqueira Campos. “É com muito orgulho e felicidade que eu volto a vestir a camisa do Foz Cataratas Futsal. Agradeço pela oportunidade retornar a bela cidade de Foz do Iguaçu, oportunidade também de reencontrar os muitos amigos que fiz e a vibração da nossa torcida maravilhosa, que sempre jogo junto com o time”, falou Wanderson.

O supervisor da equipe, Lindomar Junior “Bill”, afirma que após um mês de trabalho e alguns amistosos, a diretoria e a comissão técnica avaliaram a necessidade de reforçar a equipe. “Tivemos dois atletas que não se encaixaram no trabalho do treinador Fabinho Gomes. Optamos pelas alterações agora, para ajustar a equipe da melhor forma antes da estreia no paranaense. Estamos trazendo dois atletas com potencial reconhecido e que vão acrescentar bastante experiência ao atual elenco”, explicou Bill.

Para o treinador Fabinho Gomes, o setor defensivo não vem rendendo o esperado, por isso foi necessário investir em novos nomes. “O Augusto é experiente, bom passador e bom passador. O Wanderson tem um jogo de muita raça e força, ao imprimir essas qualidades no jogo, com certeza nos ajudará bastante”, finalizou o treinador.

Assessoria

Related Posts

Facebook Comments