Caramuru viaja com elenco reduzido para Minas

Depois de voltar a perder de 3 sets a 0 no penúltimo jogo em casa pela Superliga, o MV Selmer/Compagás/Castro não treina nesta segunda-feira (6). O time viajaria à noite para Montes Claros (MG), onde enfrenta o Montes Claros Vôlei, na quarta-feira, às 19 horas, no Ginásio Tancredo Neves. E o grupo vai reduzido, tanto entre atletas quanto Comissão Técnica. Não devem embarcar o ponteiro Peron, o central Thales, lesionados, e o líbero Mendel, poupado. Os auxiliares técnicos Odilon Zimmermann e Victor Hillmann Despindola, ambos convocados para a Seleção Paranaense Juvenil, também permanecem em Castro.

Decepcionado. Era assim que se definia o treinador Fábio Sampaio, após a partida contra o Bento Vôlei Isabela, no último sábado (4), quando o time perdeu de 17×25, 20×25 e 18×25.  “O grupo está com um perfil perdedor”, lamentou, citando que pensou em viajar com 14 jogadores para esse último compromisso fora, mas por questão de economia e já pensando na Taça Ouro (repescagem), vai dar descanso aos que vêm jogando lesionados e àqueles com quem têm interesse em renovar contrato. “Viajaremos com elenco reduzido, mas vamos buscar a vitória porque temos ainda compromisso. A equipe será moldada para a Taça Ouro. Devo deixar os lesionados: Peron e Thales, e embarco com um libero só, que, provavelmente, será o Matheus. O Mendel deve ter contrato renovado, por isso vai ficar para refrescar a cabeça porque, quando voltar (a ser integrado), o quero com perfil de atleta vencedor”, justificou. O técnico deixou claro que segue no time quem tiver no perfil de luta, de busca, os que tem compromisso.

“Sempre falei que a equipe trabalhou com afinco. Acontece que, na hora que chega nas quatro linhas, assumem uma postura derrotada. Fazemos jus de estar na colocação que estamos hoje. Estávamos a duas rodadas do final do campeonato, ainda tínhamos chances de escapar, fomos beneficiados com os resultados das demais partidas (Maringá e São Bernardo perderam de 3×1), só tínhamos que fazer o dever de casa e não fizemos. Faltou competência”, explicou, garantindo que, se não se resgatar de uma vez, a equipe fará tão feio quanto na Taça Ouro. “Temos que mudar o perfil, mudar atletas. Não falo de atletas em específico, mas o perfil. Temos de mudar isso e é o que vai ser feito”, ressaltou Fábio Sampaio.

Segundo o treinador, isso aconteceu algumas vezes na Liga B. “O atleta A não estava bem, trocava, ia bem e as coisas se acertavam. É assim com qualquer equipe de alto rendimento e com eles não está sendo assim: troca, cai a performance, troca de novo, melhora um pouco, mas, em seguida, volta a diminuir o desempenho. São profissionais de alto rendimento e isso não pode acontecer”, argumentou. “Falta comprometimento com o combinado, não fazem o que treinamos a semana toda. E não fazem por mal, é relaxo”. Sampaio cita que a CT se cobra todos os dias. “Temos parcela de culpa, digamos que 90%, mas a resultante não faria diferença já que quem resolve são eles e não fazem o que é passado. Não têm perfil de lutador que a Comissão Técnica tem, de batalhador, o perfil que conquistou Castro, de sonho, de luta. Em algumas partidas, isso até aconteceu, mas a maioria dos jogos que fizeram, jogaram por jogar. Não posso aceitar que façam isso com o meu sonho”, enfatizou o técnico.

Divisão

A folga desta segunda-feira ‘casou’ com os treinos da Seleção Paranaense Juvenil de Voleibol, que vão até sábado. Como a base da Comissão Técnica é de Castro, o grupo se dividiria. Fábio Sampaio, o auxiliar Augusto Godoy Cutrin e o preparador físico Élcio de Souza seguem com o elenco profissional para Minas Gerais, enquanto que os assistentes técnicos Odilon Zimmermann e Victor Hillmann Despindola, (Vitinho), Alef Araújo, também preparador físico, e, o estatístico Isac Ramos, acompanham o treinamento da seleção.

“Se tivéssemos chance, nós três, que estamos no dia-a-dia com eles, viajaríamos. Como não temos, vou só eu, até porque não podemos abandonar os meninos, o trabalho. Seria antiético”.

 

Posted in:
About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *