O Coritiba empatou em 1 a 1 com o Internacional, nessa quinta-feira (dia 23) à noite, no Couto Pereira, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Coxa ficou em 17º lugar, com 9 pontos. É o melhor colocado dentro da zona de rebaixamento. O time gaúcho segue na vice-liderança, com 20 pontos.

Esse foi o quinto jogo do técnico Pachequinho no comando do Coritiba. Agora ele soma 1 vitória, 2 empates e 2 derrotas.

Os últimos oito confrontos entre os dois times terminaram sem vitória do Coritiba – o Inter venceu três e ocorreram cinco empates. A última vitória do Coxa nesse duelo foi em 2012 – por 1 a 0, no Couto.

O Coritiba teve bom desempenho na partida dessa quinta-feira, controlando o meio-campo e sufocando o Inter na maior parte do jogo. O time paranaense teve 52% de posse de bola, 12 finalizações (3 certas), 86% de precisão nos passes, 33 cruzamentos (6 certos) e 6 escanteios. O Inter somou 10 finalizações (6 certas), 86% nos passes, 19 cruzamentos (3 certos) e 5 escanteios. Os dados são do Footstats.

O time gaúcho cometeu 26 faltas, contra apenas 13 do Coxa.

Na partida, Pachequinho não tinha João Paulo e Juninho, suspensos. Também não contava com Ceará, Gonzalez, Benitez e Alan Santos, em recuperação.

O treinador armou o time no esquema tático 4-1-4-1, com Edinho como único volante. Ruy e Juan eram os meias centralizados. O lateral-direito Dodô jogou improvisado na meia-direita. O zagueiro Walisson Maia ficou na lateral-direita.

O primeiro tempo teve domínio do Coritiba, que chegava bem com Dodô pela direita e Felipe Amorim pela esquerda. E contava com bons passes de Ruy e Juan. Mas foi o Inter quem abriu placar, em um lance pouco comum. Aos 34, Geferson cobrou lateral direto para a área. Ernando desviou para o meio da área. Anderson (ex-Manchester United) cabeceou e marcou.

No intervalo, Pachequinho tirou Walisson Maia e colocou o atacante Iago, recém-contratado do Atibaia. Dodô voltou a jogar como lateral-direito.

No segundo tempo, o Coritiba avançou, pressionou e passou a atacar com oito jogadores – só os zagueiros ficavam atrás. O Inter recuou e abusou das faltas, mas também mostrou qualidade defensiva e levou algum perigo em contra-ataques.

Aos 21, entrou Leandro no lugar de Felipe Amorim.

O empate veio aos 24. Juan cobrou escanteio, Luccas Claro desviou e Nery Bareiro chutou, fazendo seu primeiro gol pelo clube no seu segundo jogo no ano.

Aos 41, Vinícius entrou no lugar de Ruy.

Aos 45, Nery Bareiro parou um contra-ataque, levou o segundo amarelo e acabou expulso.

CORITIBA 1 x 1 INTER
Coritiba: Wilson; Walisson Maia (Iago), Luccas Claro, Nery Bareiro e Carlinhos; Edinho, Juan, Dodô, Ruy (Vinícius) e Felipe Amorim (Leandro); Kleber. Técnico: Pachequinho.
Inter: Danilo Fernandes; William, Ernando, Alan Costa e Geferson (Artur); Fabinho, Fernando Bob, Anderson (Alex) e Gustavo Ferrareis (Aylon); Sasha e Vitinho. Técnico: Argel
Gols: Anderson (34-1º) e Nery Bareiro (24-2º)
Expulsão: Nery Bareiro (45-2º)
Cartões amarelos: Nery Bareiro, Luccas Claro (C). Eduardo Sasha, Ferrareis, Alan Costa, Danilo Fernandes, Vitinho (I).
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)
Público: 8.798 pagantes (9.535 total)
Renda: R$ 102.630,00
Local: Couto Pereira

Related Posts

Facebook Comments