Futebol: estadual feminino fica no oeste

Futebol: estadual feminino fica no oeste

A equipe feminina do TEC/OVFC garantiu o vice-campeonato do Paranaense de Futebol da categoria ao empatar na noite de domingo (13/10) pelo placar de 1 a 1 com diante do elenco ADI Foz Cataratas no Estádio Municipal 14 de Dezembro em Toledo. O gol toledano foi marcado pela artilheira da competição Ketlin Rayne da Silva (oito gols), enquanto o gol adversário foi anotado por Fernanda Alves Fernandes da Silva.

Ao final da partida que garantiu o time no Brasileiro Feminino da Série A2 em 2020, o técnico Jaime Lira Leal Filho se mostrou muito feliz com campanha e enalteceu trabalho que colocará elenco na vitrine da modalidade no próximo ano. “Saímos da competição de cabeça erguida e vejo esse vice-campeonato com muita importância e que nos deixa em igualdade de condições de disputar em 2020 a Série A2 do Brasileiro Feminino”, comenta o comandante tricolor, que pauta que a missão no primeiro ano é garantir uma das quatro vagas à Série A1, que vai propiciar time disputar por três anos seguidos Brasileiro Feminino.

Para o presidente do Toledo Esportes Clube (TEC), Carlos Alberto Dulaba, a ótima participação da equipe feminina no Paranaense 2019 que teve campanha invicta atuando em casa – única derrota foi fora de casa para Foz Cataratas – é fruto de muito trabalho de elenco que pretende chegar à Série A1 no próximo ano. “Terminamos a competição com o vice-campeonato e as duas principais artilheiras da competição (Ketlin Rayne da Silva [8gols] e Maiara Fraga de Paula [6 gols] e mais do que isso vaga a vaga ao Brasileiro da Série A2, ou seja, estamos no caminho certo e revelamos excelentes jogadoras”, pondera Dulaba, que elogia o trabalho do técnico Jaime.

Related Posts

Facebook Comments