Futsal: clubes planejam retorno em junho

Futsal: clubes planejam retorno em junho

Os 14 clubes da Série Ouro, representados por membros de suas diretorias, participaram na terça-feira (28) de uma reunião por videoconferência com a Federação Paranaense de Futebol de Salão (FPFS). O encontro virtual desta vez teve como objetivo discutir a possibilidade de retorno das atividades da bola pesada no Paraná.
A Federação orientou os clubes quanto aos procedimentos necessários para o retorno do estadual. Estipulou-se que as equipes retornem aos treinos na segunda quinzena de maio, para que os jogos voltem a ocorrer – com portões fechados – em junho. Para que isso seja possível, será necessária uma conversa com o governo do Estado, onde a Federação representará os clubes.
“Nós pedimos que cada clube nos envie suas argumentações, onde apresentam as dificuldades vivenciadas por eles durante este período e também as medidas que se comprometem a cumprir para o retorno”, explica o superintendente da FPFS, Luís Henrique Antonievicz, que adianta que a entidade já trabalha na formulação do documento.
“Nós entendemos que os clubes não podem mais ficar parados. Nós, enquanto Federação, planejamos um ano maravilhoso, com aporte financeiro de premiações nas competições. Sabemos que manter o status de melhor futsal do Brasil é difícil”, justifica Antonievicz.

Retorno depende de estabilização
De acordo com o supervisor do Campo Mourão, Anderson Hertz, o clube deve solicitar o retorno de seus atletas à cidade já na próxima semana, para então iniciar uma preparação.

“Nós faremos um protocolo, com orientações para quando os atletas retornarem. Não haverá mais vestiário compartilhado. O material esportivo
individual ficará sob responsabilidade de cada um”.


Diomar Ruaro, diretor do Dois Vizinhos, acredita que os clubes necessitam trabalhar com uniformidade neste retorno. “As academias já retornaram, agora as igrejas também e nós, do futsal, também precisamos nos adaptar”.

No Palmas, o técnico e vice-presidente André Carrinho acredita que a data de retorno depende da estabilização ou diminuição no número de casos do novo coronavírus no Paraná. “Confio que teremos uma mini-pré-temporada de duas semanas, para então voltarmos com as partidas. Mas sabemos que se o número de casos da covid-19 aumentar, esse retorno terá de ser adiado”.


Vale lembrar que o Cascavel, por exemplo, já vem se adaptando. Nas últimas semanas, o Tricolor tem realizado atividades na academia.

Demais divisões
Assim como fez com os clubes da Série Ouro, as reuniões por videoconferência serão feitas com representantes das Séries Prata, Bronze e Ouro Feminina. Vale ressaltar que, dentre todas as divisões do estadual, apenas a Série Ouro havia iniciado – com a disputa de três partidas da Série Ouro.

Fonte: jornal Correio do Povo

Related Posts

Facebook Comments