Domingo tem o confronto entre o Atlético de Paranavaí e o Grêmio Maringá, rivais que já possibilitaram grandes jogos em confrontos pela principal divisão do Campeonato Paranaense.
Agora, essas duas tradicionais equipes paranaenses estão na 2ª Divisão e buscam um lugar na divisão de elite. No domingo, jogam no Estádio Waldemiro Wagner, em Paranavaí, em jogo que promete chamar muita atenção.
Torcedores do time de Maringá pediram apoio da PM para estarem presentes no Estádio Waldemiro Wagner. O major Jefferson Luiz de Souza confirmou contato com o 8º BPM de torcedores do Grêmio Maringá. Pelo menos um ônibus virá com torcedores, assim como diversos carros de passeio. A torcida maringaense será escoltada até o WW e ficará numa parte isolada.
No Paranavaí, a expectativa é que também a torcida compareça para incentivar o Vermelhinho na busca da vitória e assim entrar na briga para ficar entre os quatro melhores colocados ao final dessa primeira fase. Essa pretensão passa por uma vitória sobre o Grêmio. O valor do ingresso foi estipulado em R$ 10 (preço único).
Está confirmado o nome de Nivaldo Mazzin como presidente do Atlético de Paranavaí. Ele estava no cargo até o final do ano passado e foi substituído por Luiz Sérgio de Oliveira, que ficou no cargo apenas por três meses, renunciando por questões particulares.
MESMO LADO – O goleiro César (prata da casa) espera que as questões extracampo (salário atrasado, por exemplo) sejam resolvidas logo e que dentro de campo o elenco consiga classificar o Paranavaí para a 1ª Divisão.
“Temos que remar para o mesmo lado, estamos com um só pensamento e objetivo. Tenho certeza que as coisas extracampo irão se resolver, espero que dentro de campo possamos colocar o time na divisão de elite”.
O elenco não tem grande número de atletas, mas o goleiro César destaca a qualidade. “O elenco está enxuto até pela situação financeira do clube, mas tem qualidade, e quem entrar dará conta do recado, com certeza lutaremos pelo acesso novamente”.
O goleiro analisa que o jogo contra o Grêmio Maringá será difícil, pois se trata de um mais clássico regional. O time da Cidade Canção foi reforçado com o goleiro Ednaldo que disputou a primeira divisão pelo Maringá e o meia Tatico (ambos já atuaram em Paranavaí).
Para o jogo do próximo domingo, o técnico Lio Evaristo poderá contar com o zagueiro Fabrício – estava suspenso por cartão vermelho – e o volante Asa – cumpriu suspensão por cartão amarelo. O atacante Danilo e o meia Matheus Lucena devem continuar em recuperação de contusão.
O goleiro César comentou o retorno de Nivaldo Mazzin como presidente do Atlético de Paranavaí. “Será uma coisa boa, ele é desportista e político, tem bom conceito. Ele pode conseguir ajuda, está há várias décadas dentro do meio esportivo de Paranavaí. É uma pessoa que vive o esporte no dia a dia”. (colaborou: José C. Avelar)

Fonte: DiáriodoNoroeste

Related Posts

Facebook Comments