Na próxima partida do Coritiba, quem figura no setor defensivo da equipe, pela segunda vez, é o goleiro Elisson. Ele será o substituto do titular Wilson, que sofreu uma lesão na coxa durante o último Atle-Tiba e ficará de fora da partida.

A primeira chance de Elisson em campo com a camisa coxa-branca foi na vitória de 2×0 contra o Avaí, no Couto Pereira, jogo válido pela Copa da Primeira Liga. Matematicamente, a partida não valia nada para o Coritiba. Mas, para ele e demais jogadores que tiveram a oportunidade de entrar em campo, aquele foi um jogo decisivo.

E é com este mesmo pensamento que o goleiro, natural de Minas Gerais, encara a disputa contra o Maringá. “Vou encarar como se fosse uma final de um campeonato. Estou preparado para ajudar o Coritiba e espero dar o meu melhor”, disse.

Como primeiro substituto de Wilson, Elisson vinha treinando com intensidade, de olho na oportunidade. “Quem não joga, treina pra estar preparado quando a oportunidade surgir”, disse ele, que aproveitou para destacar suas qualidades em campo: “Sou bem calmo, tranquilo, saio bem e procuro orientar bem para que o setor ofensivo tenha erro zero”, disse.

Aniversariante do próximo sábado, Elisson pretende honrar sua mãe, Maria de Lourdes, com ótima atuação nos gramados do Couto Pereira. Ela estará em Curitiba no dia do jogo. Ousado, o jogador demostrou confiança ao afirmar que “não nasceu para perder”, durante coletiva de imprensa, no Centro de Treinamento coxa-branca.

Related Posts

Facebook Comments