Operário confirma acesso a Série C

O momento tão sonhado pelos torcedores do Operário Ferroviário chegou: o Fantasma está na Série C do Campeonato Brasileiro. Após bater na trave em duas oportunidades (2010 e 2015), o alvinegro de Vila Oficinas cumpriu a principal meta da temporada e alcançou um lugar entre os 60 melhores clubes do país. A classificação para as semifinais veio diante de um público de quase nove mil torcedores no Germano Krüger. O Fantasma bateu o Maranhão pelo placar de 2 a 1 (5 a 2 no agregado) e assegurou o acesso após 25 anos. Primeiro tempo Como era esperado, o Maranhão iniciou a partida pressionando o Operário. As primeiras oportunidades de gol foram todas dos visitantes. Michel, Yuri e Adauto assustaram o goleiro Simão. O curioso é que as três finalizações foram de longa distância. Após as chances do MAC, o Fantasma equilibrou as ações e passou a dominar a partida em Vila Oficinas. O técnico Gerson Gusmão posicionou a equipe para pressionar a saída de bola, o que dificultou a construção de jogadas do rival. Peixoto, de cabeça, arrematou pela primeira vez a favor dos donos da casa. Danilo Baia, Washington e Athos também desperdiçaram. Nos minutos finais, Quirino deixou para o meia Athos, que bateu cruzado. O goleiro Rodrigo Ramos espalmou e garantiu o empate ao final do primeiro tempo.

Segundo tempo
A etapa complementar começou pouco movimentada. Jogando para gastar o tempo, o Operário aproveitava a posse de bola e pouco deixava espaços para o Maranhão criar. Mesmo com mudanças, o time do técnico Ruy Scarpino tinha dificuldades para furar o bloqueio alvinegro. De quebra, o técnico Gerson Gusmão sacou Athos e colocou Robinho. A alteração deu outro ritmo ao meio do Fantasma e, em uma das primeiras participações, Robinho acionou Lucas Batatinha, que bateu no canto e abriu o placar em Vila Oficinas.

O Maranhão correu atrás do empate aos 37, quando Marcelo recebeu livre no meio da área e bateu firme. Mas a esperança do clube nordestino acabou três minutos depois. Schumacher fez o trabalho de pivô e Jean Carlo, que havia entrado no segundo tempo, finalizou no cantinho de Rodrigo Ramos, decretando o acesso do Fantasma.

Semifinal
Com a vaga assegurada para a Série C do Brasileiro, o Operário agora terá pela frente o Atlético (AC) nas semifinais da Série D. O primeiro jogo acontece neste final de semana em Rio Branco. A decisão terá como palco o Germano Krüger, em Ponta Grossa.

FICHA TÉCNICA
Operário: Simão; Danilo Baia, Alisson, Sosa e Peixoto; Chicão, Índio, Washington e Athos (Robinho); Quirino (Schumacher) e Lucas Batatinha (Jean Carlo). Técnico: Gerson Gusmão.
Maranhão: Rodrigo Ramos; Michel, Yuri, Ramon e Lucas; Sandro Bacabal, Rômulo Ferreira (Marcelo), Adauto (Igor Marques) e Eloir; Gileard (Emerson) e Naoh. Técnico: Ruy Scarpino.
Data/Horário: 14/08/2017 (segunda-feira), às 21h
Local: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa
Público pagante: 8.627 torcedores Público total: 8.817 torcedores
Renda: R$ 212,265,00
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP)
Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

Posted in:
About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *