Pato Futsal e Marreco, de Francisco Beltrão, disputam nesta quarta-feira, às 20h30, no ginásio de esportes
Dolivar Lavarda, em Pato Branco, o Clássico das Penas. Será o reencontro das duas equipes do Sudoeste, após a
decisão do ano passado, quando o Pato Futsal sagrou-se campeão paranaense.
O time pato-branquense, que vem de vitória pela Liga Nacional de Futsal (LNF), por 4 a 2, sobre o Cascavel,
está focado no clássico com o objetivo de manter 100% de aproveitamento no Campeonato Paranaense da Série
Ouro. O Pato Futsal venceu os quatro jogos pelo Estadual e lidera a competição com 12 pontos. Já o Marreco é o
sétimo colocado, com seis pontos.
Para o confronto desta quarta-feira, o técnico Sérgio Lacerda não poderá contar com o ala Levy, contundido. O
ala Di Maria e o pivô Robério, que se recuperam de contusão, são as dúvidas do time pato-branquense para o
clássico.
Em entrevista ao Diário do Sudoeste, o pivô Robério lembrou a conquista do Estadual do ano passado em cima do
rival, quando marcou um gol no tempo normal e outro na decisão através da cobrança de pênaltis. Ele ainda será
avaliado para ver se terá ou não condições de jogo e espera um confronto difícil contra o Marreco.
Robério também comentou sobre o goleiro Di Fanti, que no ano passado defendeu o Pato Futsal e foi anunciado
nesta semana como reforço do Marreco. “É um excelente goleiro e uma ótima pessoa. Desejo boa sorte a ele, mas
não nos jogos contra nós. Agora tenho a oportunidade de fazer gol nele”, brincou Robério, mas ele terá que
esperar, pois Di Fanti não enfrenta o Pato Futsal nesta quarta-feira.

O ala Di Maria ainda não disputou nenhum Clássico das Penas, mas disse ter acompanhado a rivalidade entre as
duas equipes do Sudoeste. O jogador, que dificilmente terá condições para enfrentar o Marreco, também espera
um confronto difícil contra o rival, mas acredita na conquista dos três pontos, pois o Pato Futsal está em boa fase,
com seis vitórias seguidas entre o Estadual e a Liga.
O clássico desta quarta-feira será com torcida única, conforme determinação da Federação Paranaense de Futebol
de Salão. Com isso, somente os torcedores do Pato poderão assistir ao jogo no ginásio Dolivar Lavarda. Di Maria e
Robério concordam que será melhor para o Pato Futsal, mas gostariam de ver os torcedores das duas equipes no
ginásio para deixar o clássico ainda mais emocionante.
Marreco
O time de Francisco Beltrão não terá um de seus principais jogadores no clássico contra o Pato Futsal. O pivô Sinoê
foi expulso na última rodada e vai cumprir suspensão, conforme informou o supervisor da equipe beltronense,
Ricardo Ronqui. O técnico Baiano também foi expulso e não poderá comandar a equipe da quadra.
Outro desfalque do Marreco é o ala Guina, que se recupera de uma contusão. O goleiro Quinzinho fez uma cirurgia
no joelho e deverá voltar somente em junho. Com isso, vem jogando Beccon, mas a diretoria do time beltronense
anunciou nesta semana a contratação do goleiro Di Fanti, que no ano passado defendeu o Pato futsal e foi campeão
paranaense.

Fonte: DiariodoSudoeste

Related Posts

Facebook Comments