Porsche abre temporada com grid cheio

Porsche abre temporada com grid cheio

Com novo pacote de transmissão, robusto suporte de patrocinadores e os dois grids com lotação máxima, os motores dos carros de competição mais produzidos no planeta voltam a roncar alto neste fim de semana no Velocitta para a abertura da temporada 2021 da Porsche Cup. Serão nada menos que 46 carros acelerando a partir desta sexta-feira na seletiva pista do interior paulista.

O campeonato de Sprint conserva em 2021 as regras que fizeram da Porsche Cup o maior evento monomarca e monogestão do esporte a motor latino-americano ao longo de seus 16 anos de história.

Normas consagradas como a distribuição de lastro de performance para os 10 primeiros da tabela de pontos, descartes dos dois piores resultados, sorteio para a inversão de grid (6, 7 ou 8 posições) e quali dividido em Q1 e Q2 (para o top10) seguem valendo para este ano.

A maior novidade é a criação de um novo subcampeonato tanto para a Carrera Cup quanto para a GT3 Cup: a classe Trophy. Agora além da classificação geral estarão em disputa as classes Sport e a Trophy.

Independentemente da classe em que estejam inscritos, todos os competidores pontuam no campeonato geral. Os pilotos da classe Trophy pontuam também na Sport.

O campeonato de Sprint começa no Velocitta e depois passa por Curitiba, novamente Velocitta, Curitiba mais uma vez, Goiânia e Interlagos.

A temporada promete muito, uma vez que estão confirmados nos dois grids todos os pilotos regulares da categoria que foram campeões em 2020, bem como os principais nomes das últimas temporadas.

O grid da Carrera Cup foi encorpado por protagonistas de campeonatos recentes da GT3 Cup, como Cristiano Piquet, Eloi Khouri, Leonardo Sanchez, Francisco Horta, Eduardo Menossi, Georgios Frangulis, Urubatan Jr e Nelson Marcondes.

Eles se juntam a nomes de peso como Alceu Feldmann, Miguel Paludo, Werner Neugebauer, Marçal Müller, Enzo Elias e Fernando Croce –um dos estreantes no grid, ingressando com múltiplas participações na Porsche Mobil 1 Supercup em seu currículo. O outro debutante da categoria é João Barbosa, inscrito na classe Sport.

Experiência não falta para os competidores dos carros de motor 4.0, uma vez que todos os demais inscritos na prova já têm ao menos uma vitória no geral ou em classe específica dentro do evento, casos de Francisco Lara, Sylvio de Barros, Pedro Boesel, Renan Pizii, Pedro Aguiar, Rodrigo Mello, Eduardo Azevedo e Rouman Ziemkiewicz.

Na categoria GT3 Cup apenas cinco competidores pontuarão apenas no campeonato geral: o experiente estreante Raijan Mascarello e quatro competidores com vitórias com os carros da geração 991-1, Cristian Mohr, Marcio Mauro, Lucas Salles e Nelson Monteiro.

A divisão GT3 Sport mescla rápidos veteranos da Porsche Cup com motivados estreantes. No primeiro grupo, destaque para Paulo Totaro, Ayman Darwich, Bruno Campos, André Gaidzinski, Ricardo Fontanari, Ramon Alcaraz, Leonardo Sanchez e Eduardo Menossi – os dois últimos, aliás, inscritos também na Carrera Cup nesta etapa. Entre os que iniciam a primeira temporada completa na categoria, os holofotes estão em Caio Castro, Lineu Pires, Edson dos Reis, Guilherme Bottura e Vina Neves.

Já pela divisão de entrada, a classe Trophy, vão acelerar Paulo Sousa, Nasser Aboultaif, Gustavo Farah, Edu Guedes (retornando à categoria) e Carol Aranha.

O cronograma da etapa determina treinos opcionais e livres na sexta-feira. No sábado acontecem os qualis (com direito a Q2 para apurar o top10 de cada grid) e as primeiras duas corridas, uma da Carrera Cup e outra da GT3 Cup. No domingo estão previstas as corridas que largam com grid invertido. O número de posições é determinado por sorteio entre 6, 7 ou 8, escolha feita após a cerimônia de pódio pelo vencedor da prova 1.

A jornada inaugural da Porsche Cup terá exibição ao vivo da Band (corridas), portais motorsport.com, F1 Mania e canal oficial da Porsche Cup no Youtube (quali e corridas) e será transmitida também pelo Sportv 3 às 21h30 de sábado e 19h de domingo.

Related Posts

Facebook Comments