O Novo Futsal São José dos Pinhais voltou a vencer pela Série Prata do Campeonato Paranaense de Futsal. Dominando a partida do início ao fim, o time são-joseense, no duelo que contemplou a causa da menina Julinha – toda a renda foi doada -, goleou o Monte Sião de Paranaguá por 7 a 3, na noite deste sábado (30), no Ginásio Ney Braga, chegou aos 31 pontos e se consolidou na vice-liderança da competição estadual. O time do Litoral, por sua vez, permaneceu em último e está eliminado do certame. Pela última rodada do certame, sábado que vem, fora de casa, a equipe do técnico Vinicius França encara o Mariópolis.

Apesar de precisar da vitória para continuar sonhando com a classificação para a próxima fase da competição estadual, o time do Litoral marcou grande parte do jogo atrás e buscando jogar nos erros do time são-joseense. E foi assim que saiu o primeiro gol, aos 3 minutos, quando Lucas aproveitou o rebote e abriu o placar para os visitantes. O Novo Futsal São José dos Pinhais não se abalou e continuou em cima. Na sequência, Jhonatan e Fillipe Chulapinha obrigaram o goleiro Bruno a fazer boas defesas.

Insistente, o Novo Futsal São José dos Pinhais conseguiu o empate aos 7 minutos. Fillipe Chulapinha fez a jogada, serviu Reiler, que driblou o goleiro e igualou o placar. Um minuto depois, em um contra-ataque cedido pelos visitantes, Vitinho tocou, Victor bateu de primeira e a bola saiu por pouco. Aos 12, Fillipe Chulapinha recebeu na entrada da área, fez o pivô, Jhonatan chutou e a bola saiu por pouco.

O jogo era de ataque contra defesa. Aos 13 minutos, Fillipe Chulapinha tentou e o goleiro Bruno salvou.  Na reta final da etapa inicial, o time são-joseense buscou incessantemente o gol da virada. Aos 14, Ian bateu cruzado e Bruno salvou de novo. Na sequência, o camisa 27 tentou de novo e quase marcou. Ainda no final, Fillipe Chulapinha girou e acertou a trave.

O Novo Futsal São José dos Pinhais se manteve ofensivo na etapa final. Aos dois minutos, Ian chutou forte e quase marcou. O gol da virada era questão de tempo e veio aos 3 minutos. Depois da falta cobrada por Fillipe Chulapinha, Jhonatan girou e fez o segundo. O Monte Sião, então, precisou sair um pouco mais, mas não conseguia criar chances de marcar. O terceiro gol, então, quase veio aos 5 minutos, mas no lançamento de Bruno Pardal, Reiler tentou por cobertura e a bola saiu por pouco. O time de Paranaguá respondeu na sequência com Gabriel, mas Rogério fez grande defesa.

Mais incisivo e selecionando bem o ataque, o time são-joseense ampliou aos 6 minutos. Reiler puxou contra-ataque, serviu Gauichinho, que mandou no ângulo e fez o terceiro. O quarto gol quase veio aos 7 minutos. Depois da jogada bem trabalhada, Jhonatan recebeu livre, passou pelo goleiro, mas bateu em cima de Julian. O castigo, então, veio aos 8 minutos, com gol marcado por Gabriel, após cobrança de escanteio.

O jogo ganhou em emoção. Enquanto o Monte Sião, de forma desordenada, foi com tudo em busca do empate, mas quem quase marcou foi o Novo Futsal São José dos Pinhais. Aos 10, Gauchinho tabelou com Reiler, bateu forte e a bola saiu por pouco. Insistente e mais consistente, o time são-joseense encaminhou a vitória aos 14 minutos. Jhonatan bateu de fora da área, acertou o ângulo e marcou um golaço: 4×2.

Logo depois, Gabriel, do Monte Sião, e Reiler, do Novo Futsal São José dos Pinhais, se desentenderam e foram expulsos. O time de Paranaguá, então, partiu com o goleiro-linha. Mesmo assim, foi o time são-joseense que criou as melhores chances com Rogério e Fillipe Chulapinha. Aos 17, aproveitando o gol desprotegido, veio o quinto gol com Japa, que bateu consciente e ampliou.

Na etapa final, o Monte Sião abusou das faltas e cometeu a sexta aos 18 minutos. Na cobrança do tiro-livre, Jhonatan bateu bem e venceu o goleiro Felipe. Na sequência, o Monte Sião descontou com Lucas. Mas ainda cabia mais. No último minuto, Gauchinho recebeu livre, passou pela marcação, fez o sétimo gol e decretou a goleada no Ginásio Ney Braga.

Related Posts

Facebook Comments