Série B: Operário vence o Remo e respira aliviado

Série B: Operário vence o Remo e respira aliviado

Jogando em casa, o Operário venceu o Remo por 2 a 1 na noite desta terça-feira (09) e praticamente garantiu a permanência na Série B do Campeonato Brasileiro. O Fantasma atingiu o “número mágico” de 45 pontos, subiu para décima posição e ficou mais tranquilo na tabela.  Felipe Garcia  e Schumacher marcaram os gols do alvinegro na partida. 

Primeiro Tempo

O primeiro tempo foi de pouca criatividade para as duas equipes. Muitos erros técnicos, passes errados e falta de efetividade até mesmo nas bolas paradas marcaram os 45 minutos iniciais, que desanimaram os torcedores no Germano Kruger. 

A única finalização do Remo com algum perigo foi aos 17 minutos de jogo. Igor Fernandes cobrou lateral na área, e após bate e rebate sobrou para para Matheus Oliveira, que finalizou rasteiro para fora.

Do lado do Fantasma, Thomaz cobrou escanteio curto para Marcelo, que cruzou na área aos 37 minutos. Thiago Coelho saiu mal e quase gerou um gol alvinegro, mas a zaga do Remo apareceu para afastar. 

No final, aos 42,  a bola sobrou nos pés de Thomaz, que arriscou de fora da área e assustou o goleiro, mas acabou mandando por cima da trave. Aos 45, o Operário assustou mais uma vez. Marcelo cobrou falta rasteira e o goleiro adversário foi no cantinho fazer a defesa. Com raras chances de gol, o primeiro tempo acabou aos 48 e 0 a 0 no placar. 

Segundo Tempo

A segunda etapa começou com o Fantasma arriscando um pouco mais. Aos 15 minutos, Matheus Oliveira errou o domínio e a bola acabou ficando com Fabiano. O lateral chutou de longe e levou perigo, mas acabou mandando por cima do gol. 

O Fantasma seguiu insistindo e aos 17 minutos, Felipe Garcia abriu o placar. Lucas Mendes cobrou escanteio pela direita e Felipe Garcia subiu para cabecear a bola que bateu na trave e morreu no fundo do gol. 1 a 0 para o Operário. 

O Remo tentou a resposta rapidamente, aos 19. Matheus Oliveira puxou contra-ataque rápido, passou pela marcação e tocou para Victor Andrade livre. Ele dominou dentro da área e bateu cruzado para o gol, mas Thiago Braga saiu bem, fez a defesa e evitou o empate. No mesmo lance, a bola ainda bateu na trave e voltou para Lucas Siqueira, que isolou. 

Aos 44 minutos, Marcelo Santos tocou para Rodrigo Pimpão na ponta direita. O atacante entrou na área e deu passe para trás para Marcelo Santos, que furou mas a bola sobrou para Schumacher, que colocou para o fundo da rede e ampliou o placar. 

Nos acréscimos, aos 47, o árbitro marcou pênalti para a equipe paraense, após toque de mão de Odivan. O atacante Renan Gorne foi para a bola e bateu rasteiro, deslocando o goleiro Thiago Braga para diminuir a diferença no placar. O jogo foi até os 52 minutos, com vtória do Fantasma por 2 a 1. 

Escalações: 

Operário: Thiago Braga, Lucas Mendes, Fábio Alemão, Reniê, Fabiano; Guedes (Pimpão), Marcelo Oliveira e Rafael Chorão (Gustavo Lopes); Felipe Garcia (Odivan), Thomaz Santos (Marcelo Santos)  e Paulo Sérgio (Schumacher)

Remo: Thiago Coelho; Thiago Ennes (Wellington Silva), Romércio, Rafael Jansen e Igor (Raimar); Anderson Uchôa, Pingo e Lucas Siqueira (Ronald); Matheus Oliveira, Victor Andrade e Neto Pessoa (Renan Gorne) 

Ficha Técnica: 

Campeonato Brasileiro Série B – 35ª rodada
Operário Ferroviário x Remo
Data e horário: 09/11/21 – 19h
Local: Estádio Germano Krüger
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Michael Correia (RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ)
Árbitro de Vídeo: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Related Posts

Facebook Comments