Vitória mantém esperanças do Londrina

Com poucas chances de ainda voltar ao G4 da Série B, o Londrina foi a São Luís (MA) para enfrentar o lanterna e já rebaixado Sampaio Corrêa. O objetivo era claro: vencer o débil adversário – que antes do começo do jogo tinha metade dos pontos do Tubarão – para manter viva a esperança do acesso. Missão dada, missão cumprida: o LEC ganhou por 3 a 1, chegou aos 57 pontos e agora precisa secar o Bahia – que joga ainda neste sábado (12) – para continuar sonhando.

O time começou bem e abriu o placar aos quatro minutos, com Rafael Gava. Depois, viu os maranhenses reagirem e chegarem ao empate com Thiago Santos, de pênalti. No segundo tempo, Bruno Batata desencantou após sete meses de jejum e Gava marcou mais um, sacramentando a vitória londrinense.

Clique aqui e confira como foi a partida lance a lance.

Agora, o Tubarão torce pelo Luverdense, que enfrenta o Bahia em Lucas do Rio Verde (MT) às 19h30 deste sábado. Caso o time mato-grossense vença, o Londrina fica a apenas dois pontos do G4. O time baiano tem 59 pontos e, se ganhar, chega aos 62, praticamente matando as esperanças da torcida londrinense, já que o Tubarão só pode chegar a 63.

O próximo compromisso do alviceleste está marcado para as 16h30 do próximo sábado (19), contra o Avaí (que está em 3º, com 62 pontos), no Café.

Com o Sampaio matematicamente rebaixado, apenas 432 torcedores compareceram ao Castelão neste sábado.

O jogo

Precisando da vitória para voltar a se aproximar do G4, o Londrina começou bem e conseguiu seu primeiro gol logo aos quatro minutos. Depois, recuou e deu muito espaço ao Sampaio Corrêa, que aproveitou – mesmo que desorganizado – para pressionar o Tubarão. Aos 25, Matheus foi infantil e derrubou Thiago Santos dentro da área. Pênalti. O próprio atacante foi para a cobrança, bateu no canto esquerdo do gol de Marcelo Rangel e empatou a partida.

No restante da etapa inicial, os jogadores maranhenses ganharam confiança e pressionavam o Londrina. Acontece que eles não são lanternas à toa e cometiam muitos erros.

Para o segundo tempo, o técnico Claudio Tencati resolveu tirar Itamar e Zé Rafael – que pouco fizeram – para colocar Bruno Batata e Marcos Vinícius, respectivamente. As mudanças deram certo cedo: aos três minutos, Léo jogou a bola dentro da área ao cobrar lateral, Safira disputou com a zaga e a pelota acabou sobrando limpa para Batata, que fuzilou Rodrigo Ramos para desempatar a partida e acabar com um jejum que já durava mais de sete meses – o último gol do centroavante foi anotado em 3 de fevereiro, na vitória do LEC por 2 a 0 sobre o Toledo, no Campeonato Paranaense.

O Londrina ainda manteve o controle da partida por pelo menos mais 15 minutos, depois o Sampaio voltou a reagir e apostava muito nas bolas alçadas na área londrinense para tentar empatar. Apesar de não se impor, o Tubarão aguardava um contra-ataque para fechar a partida. Essa chance apareceu aos 39 minutos, quando Germano recebeu de costas na entrada da área, girou, limpou um adversário e tocou para o lado. Rafael Gava apostou na jogada do capitão e recebeu livre para empurrar para o gol.

Com o terceiro gol e a vitória garantida, o Londrina valorizou a posse de bola até o final da partida.

Posted in:
About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *