Atlético mantém domínio na Vila

Atlético mantém domínio na Vila

O Atlético Paranaense venceu por 3 a 0 o Paraná Clube, nessa quarta-feira (dia 24) à noite, na Vila Capanema, pela segunda rodada da Taça Dionísio Filho, o primeiro turno do Campeonato Paranaense. Com o resultado, o Furacão lidera o Grupo B, com seis pontos. O Tricolor é o sexto (e último) colocado do Grupo A, sem nenhum ponto.

Nesse primeiro turno, os times enfrentam equipes do outro grupo. Os dois melhores de cada chave disputam as semifinais do primeiro turno, que vale a Taça Dionísio Filho. No segundo turno, os times enfrentam os adversários do mesmo grupo. Os dois melhores de cada chave avançam para as semifinais do returno, que vale a Taça Caio Junior. A final do Estadual será entre o campeões desses dois turnos.

Na próxima rodada, o Atlético pega o Cianorte na Arena da Baixada, no sábado. O Paraná recebe o Londrina, na Vila Capanema, no domingo.

DOMÍNIO NA VILA
O Atlético Paranaense tem retrospecto positivo em clássicos contra o Paraná Clube na nova Vila Capanema, reinaugurada em 20 de setembro de 2006. Foram 15 clássicos no local nesse período, com sete vitórias do Furacão, quatro derrotas e quatro empates.

O Atlético também leva a melhor no retrospecto histórico contra o Paraná considerando todos os estádios. No total, foram 36 vitórias do Furacão nesse clássico, contra 27 do Tricolor. Outros 28 duelos terminaram empatados.

ESCALAÇÃO DO PARANÁ
O Paraná não tinha Luís Carlos, Richard, Minho, Biteco e Jhony, todos lesionados. ‘Torito’ González, sem documentação, era outro desfalque. A principal novidade foi a estreia do goleiro Thiago Rodrigues, que ganhou a vaga de Hugo. O técnico Wagner Lopes manteve o time no esquema tático 4-2-3-1, mas fez várias alterações. Leandro Vilela voltou ao time, recuperado de lesão. Charles (ex-Joinville) entrou na zaga e Rayan foi para o banco. Vitor Feijão perdeu a posição na meia-direita para o lateral Alemão (ex-Inter), que atuou improvisado ali. No ataque, Zé Carlos (ex-CRB) fez sua estreia, substituíndo Alemão, que foi para o Guarani. No total, foram cinco mudanças em relação ao time da estreia em 2018.

ESCALAÇÃO DO ATLÉTICO
No Atlético, o técnico Tiago Nunes, que comanda o elenco de aspirantes, fez duas mudanças em relação à estreia no Paranaense. Entraram o meia João Pedro e o goleiro Santos e saíram Demthtryus e Léo. O esquema tático foi o 4-2-3-1.

PRIMEIRO TEMPO
O Paraná começou pressionando e teve pênalti já aos 4 minutos, quando Léo Pereira derrubou Zezinho (ex-Atlético) na área. Zé Carlos chutou forte, no canto, mas Santos defendeu. O time da Vila continuou atacando. Aos 13, Zezinho chutou e Santos defendeu. O Atlético teve a chance do gol aos 27, em cobrança de escanteio finalizada de cabeça por Zé Ivaldo. A bola passou perto. E o Furacão abriu o placar aos 33. João Pedro (que estava emprestado ao Paraná em 2017) fez jogada individual e acertou o ângulo: 1 a 0.

SEGUNDO TEMPO
Logo no início do segundo tempo, aos 5 minutos, Wagner Lopes tirou o lateral-esquerdo Igor e colocou o ponta Vitor Feijão. Alemão recuou e passou a jogar na lateral-direita e Júnior foi para a lateral-esquerda. Aos 17, troca no setor ofensivo do Atlético. Saiu Giovanny e entrou Felipe Dorta. Aos 22, mudança no meio-campo do Paraná. Saiu Alex Santana e entrou Gabriel Pires. Aos 29, o Atlético fez 2 a 0. João Pedro cobrou escanteio na primeira trave e Léo Pereira desviou, colocando a bola no ângulo. Aos 30, Zezinho saiu vaiado. Felipe Augusto entrou no jogo. Aos 32, troca na ponta do Atlético. Saiu Yago e entrou Demethryus. Aos 36, Léo Pereira levou amarelo por reclamação. Foi o segundo dele no jogo. Com isso, acabou expulso. Tiago Nunes tirou o centroavante Ederson e colocou o zagueiro Emerson Silva (ex-Coritiba e Botafogo), que fez sua estreia. O terceiro gol do Atlético veio aos 47 minutos. João Pedro fez boa jogada e rolou para Felipe Dorta finalizar.

PARANÁ 0 x 3 ATLÉTICO
Paraná: Thiago Rodrigues; Júnior, Neris, Charles e Igor (Vitor Feijão); Leandro Vilela e Alex Santana (Gabriel Pires); Alemão, João Paulo e Zezinho (Felipe Augusto); Zé Carlos. Técnico: Wagner Lopes
Atlético: Santos; Cascardo, José Ivaldo, Léo Pereira e Renan Lodi; Deivid e Bruno Guimarães; Giovanny (Felipe Dorta), João Pedro e Yago (Demethryus); Ederson (Emerson Silva). Técnico: Tiago Nunes
Gols: João Pedro (33-1º), Léo Pereira (29-2º) e Felipe Dorta (47-2º)
Expulsão: Léo Pereira (36-2º)
Cartões amarelos: Léo Pereira, Deivid (A). Alex Santana, Vitor Feijão, Gabriel Pires (P)
Público: 6.532
Renda: R$ 172.505,00
Translate from Portuguese
Árbitro: Rodolgo Toski Marques (PR)
Local: Vila Capanema, em Curitiba

Related Posts

Facebook Comments