Gerson Gusmão não é mais técnico do Novo Hamburgo (RS) e está de malas prontas para voltar a Ponta Grossa e treinar o Operário. Após o empate em 1 a 1 com o Brasil (RS), ele anunciou um contrato de um ano com o Fantasma, durante entrevista coletiva.

Gersinho deixou o ‘Noia’ na sétima colocação do Gauchão. Foram 10 jogos sob seu comando, com três vitórias, quatro empates e três derrotas.

“Foi uma opção minha. Não tive como recusar, já vinha de uns dias atrás, mas só poderia sair depois do jogo de hoje. É um contrato longo e isso me fez sair do clube” , anunciou. O ex­-auxiliar técnico de Itamar Schulle era sonho antigo do presidente do Grupo Gestor José Alvaro Góes Filho. Inclusive, o dirigente procurou o técnico após a saída de Antonio Picoli. Por questões contratuais, Gersinho seguiu no comando do time gaúcho.

Gusmão deverá ser apresentado na quarta­feira (23) e acompanhará ao lado de Joel Preisner, do banco de reservas, o embate decisivo entre Operário e Foz do Iguaçu, no domingo (27) pelo Campeonato Paranaense. O novo técnico alvinegro irá comandar a equipe na Copa do Brasil, em que terá pela frente o Criciúma. A primeira partida está marcada para 12 de abril, no Estádio Germano Kruger. O Fantasma também jogada a Taça FPR, competição sub­23.

Fonte: NetEsporteClube

Related Posts

Facebook Comments