Lesões desfalcam a Copagril em Paranavaí

O pivô da equipe Copagril/Sempre Vida/Sicredi/Marechal Cândido Rondon, Cleiton Henrique Aparecido Fereira Alves (Rick) sofreu um desmaio no treino de ontem (26), que foi realizado no Ginásio Ney Braga, e devido à queda bateu o ombro no chão e fraturou a clavícula.

O fisioterapeuta da equipe, Tiago Duarte Vieira, acompanhou o atleta em sua ida ao hospital e esclareceu os comentários sobre o problema do atleta, já que alguns meios divulgaram que ele foi vítima de um mau súbito. “O atleta teve uma tontura, seguida de um desmaio e menos de 10 segundos após a queda já havia recuperado a consciência. Será refeita toda a bateria de exames cardiológicos para se descartar algum problema cardíaco ou vascular, e exames neurológicos para identificarmos a possível causa da perda de consciência. Mas, pela avaliação inicial do médico, foi algo leve, relacionado à temperatura e desidratação, já que os exames cardiológicos realizados na avaliação do atleta em sua chegada ao clube estavam todos normais”, declarou o fisioterapeuta.

Recuperação

Tiago também estipulou o período que o atleta deverá ficar em recuperação. “Com a queda e a fratura na clavícula que o atleta sofreu, ele deverá ficar de 30 a 40 dias afastado dos trabalhos da equipe para que a lesão se consolide. Após esse período ele voltará a fazer os trabalhos de transição”, explicou Tiago Duarte.

Afastados

Com Rick fora das quadras, a Copagril está com dois pivôs em seu departamento médico: além do atleta que sofreu a lesão na clavícula ontem, Ronaldo também está afastado até o fim da temporada para se recuperar de uma cirurgia no joelho, em virtude uma lesão no ligamento cruzado.

About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *