Derrota amplia ameaça ao Athletico

Derrota amplia ameaça ao Athletico

Em jogo elétrico, o Athletico perdeu, de virada, para o Fluminense por 3 a 1, neste sábado (05), no Maracanã, pela 24ª rodada do Brasileirão. O Furacão saiu na frente com Cittadini, mas o Tricolor conseguiu a virada com Nenê e duas vezes com Marcos Paulo.

Aconteceu de tudo no primeiro tempo. Dois gols, pênalti perdido, grandes chances, expulsão de Thiago Heleno e uma atuação de gala do goleiro Santos. Já no segundo tempo, com um a mais, o Flu tomou conta do jogo e virou a partida.

O resultado deixa o Rubro-Negro na 12ª colocação, com 28 pontos, a quatro do Vasco, primeiro time na ZR e que ainda joga na rodada. A 24ª rodada ainda terá o seu complemento e o Furacão pode perder posições e voltar a ficar ameaçado pela zona do rebaixamento.

O próximo desafio atleticano é no sábado (12), contra o Atlético-MG, na Arena da Baixada, às 17h.

O jogo
Autuori contou com a volta de oito atletas recuperados por Covid-19. Nomes como Santos, Abner e Nikão, que foram titulares na partida.

O duelo começou movimentado no Maracanã. Em 25 minutos, foram dois gols marcados, duas grandes chances e um pênalti desperdiçado. O primeiro gol foi do Athletico. Após bonita tabela pelo lado esquerdo, Abner achou Cittadini na área, que deu um tapa no canto, sem chances para o goleiro.

O Tricolor respondeu três minutos depois. Nenê arriscou chute de fora da área, a bola pegou no braço do Thiago Heleno e o árbitro Ramon Abatti Abel assinalou o pênalti. O meia experiente foi para a cobrança, escolheu o canto, mas Santos, recuperado de Covid-19, fez a defesa.

Aos 25, Santos, um dos personagens do jogo, até tentou, evitou no primeiro chute o gol, mas, na cavadinha de Marcos Paulo, Nenê chegou para garantir o empate da equipe. Na reta final da primeira etapa, após falta forte, Thiago Heleno levou o segundo amarelo, o primeiro aconteceu no lance do pênalti, e a equipe atleticana ficou com 10 em campo.

Com uma mais, o Fluminense tomou conta do segundo tempo. O Tricolor pressionou e tentou de todas as formas. Após várias cobranças de escanteio, aos 27’, Marcos Paulo pegou a sobra e finalizou sem dar chances para o Santos.

A pressão seguiu. No lance seguinte ao gol, novamente Marcos Paulo, em bonita jogada individual, guardou o terceiro do Flu, decretando a derrota do Athletico

Ficha do jogo
BRASILEIRÃO
24ª rodada
5/12/2020
Fluminense 3 x 1 Athletico

Fluminense
Marcos Felipe; Calegari,Matheus Ferraz, Luccas Claro e Egídio; Hudson (André), Martinelli e Nenê (Luiz Henrique); Wellington Silva (Felippe Cardoso), Michel Araújo (Ganso) e Marcos Paulo (Miguel).
Técnico: Odair Hellmann.

Athletico
Santos; Erick, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Wellington (Zé Ivaldo), Richard e Cittadini; Carlos Eduardo (Alvarado), Nikão (Walter) e Renato Kayzer (Fernando Canesin).
Técnico: Paulo Autuori

Related Posts

Facebook Comments