O Londrina fez a lição de casa e contou com as ajudas de Atlético e Prudentópolis para se classificar para as semifinais da Taça Caio Júnior, o segundo turno do Campeonato Paranaense, precisando vencer o Rio Branco e torcer para um tropeço do Toledo diante do Atlético e do União contra o Prudentópolis, o Tubarão fez logo a parte que lhe cabia na matemática, goleando a equipe de Paranaguá por 4 a 1 no Estádio do Café. E, com o empate do Toledo com o Furacão, conquistou a vaga nas semifinais.

A lição de casa do Tubarão parecia a tarefa mais simples da noite na combinação de resultados. Pela frente, o time do técnico Marquinhos Santos tinha um desesperado Rio Branco, ameaçado pelo rebaixamento e vivendo uma crise interna pelo atraso de salários, inclusive com risco de greve dos jogadores, que passaram toda a terça-feira em negociação com a diretoria e quase não viajaram para o Norte do Estado.

Mas o começo do jogo não foi tão fácil como se desenhava. Carlos Henrique, até abriu o placar, aos 12 minutos, com uma bomba de fora da área, mas, cinco minutos depois, Rodrigo Jesus empatou para o Rio Branco. Mas, ainda no primeiro tempo, o Londrina conseguiu abrir vantagem, com dois gols de Wesley, aos 20’ e aos 27’.

Inspirado, o atacante do Tubarão ainda faria seu terceiro gol na partida, aos 35 minutos do segundo tempo. A vitória estava garantida, mas a classificação, não, pois o Toledo vencia o Atlético neste momento.

Foi então que, quando o relógio já marcava 39 minutos no Café, que a torcida azul comemorou o gol mais importante da noite, o de Ederson, que, a mais de 350 quilômetros dali, empatava o jogo para o Atlético e dava a vaga para o Londrina nas semifinais. No final de semana, o Tubarão encara o Paraná, na Vila Capanema, por uma vaga na decisão do turno.

União deixa vaga nas semi escapar e acaba rebaixado

A classificação do Londrina para as semifinais aconteceu, também, por conta da incompetência do União, de Francisco Beltrão, que enfrentou o já rebaixado Prudentópolis, precisando vencer para avançar para as finais da Taça Caio Júnior. Além de não vencer, o time de Beltrão acabou derrotado por 3 a 1 e, com a vitória do Cascavel sobre o Coritiba, terminou o estadual na penúltima posição geral da competição, sendo rebaixado, juntamente com o Prude, para a Divisão de Acesso do Estadual.

Foz termina com a segunda melhor campanha e vai para a Copa do Brasil e Série D

Faltou um gol para o Foz conseguir a vaga nas semifinais da Taça Caio Júnior. Mesmo jogando fora de casa, o time da fronteira goleou o Cianorte (que também disputava a vaga) por 4 a 1 e terminou na terceira posição do Grupo A, com os mesmos pontos que o Maringá, mas um gol a menos de saldo. Mas nem tudo foi frustração para o Foz. Com o resultado, o time garantiu a segunda melhor campanha na classificação geral do campeonato, o que lhe garantiu vagas para a Série D do Campeonato Brasileiro e para a Copa do Brasil de 2019.

Related Posts

Facebook Comments